terça-feira, 18 de setembro de 2012

GOL É CONDENADA POR SÓ OFERECER MACA A CRIANÇA COM DEFICIÊNCIA

A Gol Linhas Aéreas foi condenada a pagar R$ 62 mil - equivalente a 100 salários mínimos - de indenização por danos morais por ter se negado a embarcar e transportar em assento comum uma menina com paralisia cerebral, segundo informações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS). O caso aconteceu em outubro de 2011 e, na época, a companhia afirmou que só autorizaria o embarque se o transporte fosse feito em maca. Cabe recurso da decisão. 

Segundo o TJRS, o pai da menina comprou passagens para que ela pudesse embarcar normalmente para Porto Seguro, onde passaria férias com ele. Após preencher o formulário sobre as condições de saúde da passageira, ele recebeu um e-mail da Gol no qual a empresa negava o embarque pelo fato de a menina, ter três anos de idade, não poder ser transportada pelas normas de segurança estabelecidas pela autoridade aeronáutica, sendo possível apenas o embarque por meio de maca. 

O pai da menina entrou com uma ação com base no Estatuto da Criança e do Adolescente e em uma regra da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) que regulamenta o transporte aéreo para pessoas com deficiência. Ele afirmou que houve desrespeito aos direitos individuais e fundamentais da criança e do deficiente físico por parte da companhia aérea, que agiu com discriminação. 

A empresa também terá de pagar uma multa de R$ 300 mil por descumprir medida que assegurava que a menina tinha direito ao embarque em sua poltrona, cabendo a companhia fornecer o equipamento adicional de segurança. A multa será paga ao Fundo Municipal da Infância da Juventude de Bento Gonçalves, cidade onde o processo foi julgado. 

fonte/Terra

Nenhum comentário:

EM HOMENAGEM AOS 48 ANOS DA EMBRAER, PILOTOS FAZEM VOO COM TRAÇADO EM FORMA DO LOGOTIPO DA EMPRESA NOS EUA

No aniversário de 48 anos da Embraer, pilotos que faziam um voo teste nos Estados Unidos fizeram uma homenagem traçando no céu a logom...