TAP INTERROMPE VOO LISBOA-NATAL NO MÊS DE SETEMBRO

A companhia portuguesa TAP, que no período da alta temporada europeia chega a ter quatro frequências semanais entre as cidades de Lisboa e de Natal, no Estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste Brasileiro, vai suspender os seus voos nesta rota, pelo período de 30 dias, durante o próximo mês de setembro, anunciou nesta terça-feira, dia 9 de maio, o site de notícias de turismo e viagens 'Mercados & Eventos".

O motivo da suspensão dos voos são as obras de recapeamento (lançamento de um novo tapete de asfalto) na pista do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, que foi construído em São Gonçalo do Amarante, a cerca de 50 KM da capital do Estado, inaugurado em 2014 por ocasião do ‘Mundial’ de Futebol que se realizou em várias cidades brasileiras. A venda de bilhetes para os voos da TAP para Natal, neste período, encontra-se já suspensa nas agências de viagens, bem como no site da própria companhia aérea.

Mário Carvalho, diretor da TAP para o Brasil e América do Sul confirmou a informação. “Infelizmente vamos ter que deixar de operar neste período e para tentar amenizar a situação vamos reforçar a rota de Recife com mais um voo semanal”, adiantou.

Já o secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Rui Gaspar, lamentou a decisão, mas admite que a mesma é necessária: “O recapeamento da pista tem que ser feito porque o asfalto colocado ali não suportou o fluxo aéreo. Vamos deixar de receber quase 5 mil passageiros neste período o que implica num prejuízo próximo de 15 milhões de reais para a economia do Estado. Lembro que no mês de abril tivemos um incremento de 16% no movimento de passageiros do aeroporto”.

As demais companhias aéreas que operam voos noturnos serão obrigadas a mudar o horário das rotas. 
“É o caso também da GOL que opera para Buenos Aires semanalmente”, admitiu Rui Gaspar nas declarações ao site de notícias brasileiro.
Com a suspensão dos voos da TAP, o Estado do Rio Grande do Norte fica privado de ligações diretas para a Europa, o que implica que os passageiros de ou para Lisboa, caso da rota da companhia portuguesa, para chegarem aos seus destinos terão de fazer uma escala suplementar noutro aeroporto brasileiro que tenha escalas da TAP (Fortaleza, Recife ou Salvador, por exemplo). A TAP é a única companhia aérea de transporte regular de passageiros que liga Natal à Europa.

Entretanto, nesta terça-feira, dia 9 de maio, a Inframérica, concessionária do Aeroporto Internacional de Natal, divulgou uma nota de imprensa em que anuncia a realização das “obras de manutenção” da pista pelo período de 30 dias, abrangendo os meses de setembro e de outubro. Os trabalhos serão noturnos e não permitirão o movimento de aeronaves durante a noite, o que está a criar alguma inquietação, nomeadamente entre os agentes de viagens do Rio Grande do Norte, segundo refere o jornal ‘Tribuna do Norte’. A empresa já tinha admitido, em março passado, a existência de sérios problemas estruturais na pista do aeroporto, que foi construída pelo Exército Brasileiro. Quando em julho de 2012 a Inframérica tomou posse da concessão, a pista já estava concluída e essa obra, portanto, não foi da responsabilidade do concessionário. Agora cabe-lhe proceder à reparação, um custo que não estava orçamentado nos seus planos de exploração.

fonte/NewsAvia/foto/RobertoFantinel

Instagram @fantinel_roberto

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas