AEROPORTOS DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE EM RISCO DE PARALISAÇÃO



O SINASA – Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Nacional de Segurança Aérea da República Democrática de São Tomé e Príncipe apresentou no passado dia 10 de janeiro um pré-aviso de greve, em que indica que todos os trabalhadores dos aeroportos deste país africano vão paralisar as suas atividades laborais a partir da próxima quinta-feira, dia 19 de Janeiro.

O pré-aviso de greve, divulgado nesta segunda-feira, dia 16 de janeiro, através do jornal digital TÉLA NÓN, foi remetido à direção da Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea (ENASA).

A greve poderá por em causa as ligações aéreas entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe e o mundo, e é justificada pelo sindicato da ENASA, por casos de alegada corrupção financeira que passaram a dominar a empresa, e outros desmandos.

Segundo o SINASA, as alegadas anomalias  financeiras que se registam na empresa, foram alvo de debate entre a representação dos trabalhadores, a direção da empresa, e também com o Governo, na pessoa do primeiro-ministro Patrice Trovoada, mas até à presente data não houve qualquer solução.

“Após denúncias que tivemos a hombridade de apresentar ao ministro de tutela contra as práticas de gestão danosa e maléfica protagonizada pela atual gestão da empresa que propiciaram a realização de duas reuniões sobre o caso, sendo uma delas presenciada pelo Primeiro Ministro e Chefe do Governo Patrice Trovoada, onde se debateu questões importantíssimas e probatórias dos atos perpetrados, que por sua vez, culminou com o mandato de inspeção, que já fora concluída…..», refere o SINASA, no pré-aviso de greve.

Por outro lado um caderno reivindicativo foi submetido à direção da empresa e também não teve qualquer reação da entidade patronal. «Ao contrário verificamos que aproveitam na base das obras de melhoria das condições de trabalho, solicitadas pelo SINASA, para levarem somas de dinheiro da ENASA, através de uma empresa fantoche designada de ‘ATC’. Obras que ficaram por terminar, aguardando pela sua sorte», lê-se na carta de pré-aviso de greve com data de 10 de Janeiro.


fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas