Pular para o conteúdo principal

AVIÃO MOVIDO A ENERGIA SOLAR PARA LEVAR A INTERNET PARA O MUNDO INTEIRO

Essas asas negras não são apenas para ficar mais bonito. Este protótipo de avião tripulado usou painéis solares para flutuar no ar durante 20 minutos na sexta-feira (10).
 
Em sua jornada para levar acesso à internet para países do terceiro mundo, a empresa Luminati Aerospace LLC disse que conseguiu testar com sucesso sua nova aeronave VO-Substrata movida a energia solar, de acordo com a Associated Press.

“É a única aeronave que eu pilotei em que eu conseguia ouvir um helicóptero perto de mim,” disse o piloto Robert Lutz. “É um pouco assustador, mas bem legal.”

De acordo com o fundador da Luminati, Daniel Preston, o objetivo é desenvolver drones não-tripulados que, graças às energias solar e eólica, podem permanecer no ar indefinidamente.

“Não consigo pensar em nenhum projeto de engenharia atual que tenha um impacto social tão grande quanto levar comunicações para muitas pessoas no mundo que não têm acesso a isso,” ele disse.

Preston também disse que a empresa está pensando em fornecer drones para empresas privadas, além de agências de inteligência para usos de vigilância e reconhecimento.

No entanto, não está claro ainda quem bancou esse projeto. Preston negou a dizer qual grande empresa de tecnologia colocou suas fichas nesse avião. O Facebook e o Google são dois potenciais candidatos, já que ambas as empresas expressaram interesse em criar drones não-tripulados para aumentar o acesso à internet pelo mundo. O Google testou seus drones movidos a energia solar em janeiro, e o Facebook mostrou seu projeto em 2014.

fonte/foto/AP/Gizmodo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA