Pular para o conteúdo principal

HELICÓPTERO ROBINSON R22 CAI EM CUBATÃO, DOIS MORTOS



Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)
Um helicóptero caiu em uma região de mata localizada na cidade de Cubatão (SP) no começo da tarde desta segunda-feira (2). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos duas pessoas morreram no acidente. Os corpos das vítimas ficaram carbonizados, mas foram identificados por causa do prefixo da aeronave.

De acordo com informações apuradas pelo G1 com a Força Aérea Brasileira (FAB), o avião decolou às 11h20 do Campo de Marte, em São Paulo. O voo era particular, não de instrução, e a família de uma das vítimas já foi comunicada do acidente. Os nomes dos ocupantes da aeronave ainda não foram divulgados porque familiares da outra vítima ainda não foram localizados.

Equipes chegam em local de queda de aeronave (Foto: Rodrigo Nardelli/TV Tribuna) 
Equipes entram na região de mata para fazer o
resgate  (Foto: Rodrigo Nardelli/TV Tribuna)

Segundo informações de testemunhas e dos bombeiros, o helicóptero voava baixo e, antes de cair, atingiu a rede elétrica do local. Os bombeiros acreditam que o piloto não tenha visto a fiação elétrica por causa do sol. A aeronave acabou explodindo assim que tocou o solo.

A aeronave caiu em uma região de mata do bairro Mantiqueira, em CUBATÃO. O acidente aconteceu por volta das 12h, próximo ao km 260 da rodovia Cônego Domênico Rangoni.

Segundo informações dos bombeiros, o helicóptero é de modelo 'Robinson 22', MATRÍCULA PR-RCA e saiu da Escola de Aviação do Campo de Marte, em São Paulo. Duas pessoas sobrevoavam a serra do mar e estava retornando para São Paulo no momento do acidente.

Equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, e da Defesa Civil de Cubatão foram até o local para prestar atendimento a ocorrência.

Pedaço de helicóptero ficou preso na fiação (Foto: João Paulo de Castro/G1)Pedaço de helicóptero ficou preso na fiação do local (Foto: João Paulo de Castro/G1)


Acidente aconteceu no começo da tarde desta segunda-feira (2) (Foto: João Paulo de Castro/G1)Equipes entram na mata para retirar os corpos das vítimas (Foto: João Paulo de Castro/G1)
 fonte/foto/G1

DADOS DA AERONAVE VIA RAB

MATRÍCULA: PRRCA
Proprietário:
AMAURI GINEZ DANTAS
CPF/CGC:

Operador:
AGD AVIATION ESCOLA DE AVIAC.CIVIL LT-ME
CPF/CGC:

Fabricante:
ROBINSON HELICOPTER
Modelo:
R22 BETA
Número de Série:
3176
Tipo ICAO :
R22
Tipo de Habilitação para Pilotos:
HMNC
Classe da Aeronave:
HELICOPTERO 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
621 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
001


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
15591
Situação no RAB:
COMODATO
Data da Compra/Transferência:
081209


Data de Validade do CA:
10/04/21
Data de Validade da IAM:
140417
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 02/05/2016 14:35:55

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA