1º BOEING 727 PRODUZIDO VOLTA À VIDA APÓS 25 ANOS E VOARÁ EM FEVEREIRO


Boeing 727-100 N7001U no hangar do Museum Of Flight (Foto: Divulgação)Boeing 727-100 N7001U no hangar do Museum Of Flight (Foto: Divulgação)
O blog Aviões em Foco trouxe essa história em agosto de 2015 e agora há novidades. O primeiro Boeing 727 produzido e que está parado desde 1991 vai voar novamente, e pela última vez, no início de fevereiro.

Na última terça-feira (19), a aeronave voltou à vida. Com o auxílio de uma unidade de energia externa, os sistemas do N7001U foram acionados e as luzes do cockpit (cabine de comando) ligadas. Um deleite para os fanáticos por aviação.

O 727-100 voou pela primeira vez 9 de fevereiro de 1963 e pertenceu à United Airlines entre 1964 e 1991. Foram 48.060 pousos e decolagens, com 64.495 horas no total. Depois da vida na companhia aérea, foi doado para o Museu do Voo (Museum Of Flight), nos Estados Unidos.

A aeronave ficou encostada por um bom tempo, quando, em 2004, um grupo decidiu iniciar a restauração, usando partes de outros 727s, de companhias diversas, como FedEx e American Airlines. Um trabalho minucioso e quase artesanal.

Em 13 de janeiro, o N7001U foi levado a um hangar do museu do aeroporto Paine Field, em Everett, para os últimos ajustes e testes antes do último voo, quando será transportado para o Boeing Field, em Seattle, onde será colocado no museu da fabricante. A expectativa é que isso aconteça na primeira semana de fevereiro.

Cockpit do Boeing 727 N7001U ligado depois de 25 anos (Foto: Divulgação)Cockpit do Boeing 727 N7001U ligado depois de 25 anos (Foto: Divulgação)
fonte/foto/GazetaDoPovo

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas