ANTIGO JATO DOS RED ARROWS CAI EM EXIBIÇÃO - PILOTO MORREU


Um avião a jato subsónico ‘Folland Gnat T!’, de matrícula britânica, que participava nesta tarde de sábado, 1 de agosto, numa demonstração de acrobacia aérea, em Cheshire, na Inglaterra, caiu sobre uma casa abandonada, depois de uma manobra baixa com outra aeronave do mesmo tipo. Morreu o piloto do aparelho, única vítima fatal do acidente, noticiou a BBC News, canal televisivo que patrocina o evento.
Chris Evans, apresentador do programa ‘Top Gear’ sobre motores e automóveis, apareceu ao princípio da tarde em lágrimas frente aos jornalistas a quem confirmou o acidente que foi seguido por muitas centenas de espectadores e a morte do piloto Kevin Wayman.
O apresentador, muito popular no Reino Unido, fundou e dirige desde há alguns anos o Festival ‘CarFest North’, que se realiza nesta época do ano em Oulton Park, Little Budworth, no Centro da Inglaterra, cujas receitas se destinam a um fundo de apoio a crianças com necessidades. Reúne carros clássicos, muita música (este ano as atrações são Primal Screan e Joss Stone) e pavilhões com especialidades gastronómicas. Também há exibições de acrobacia aérea.
Este ano registou-se a presença do trio de aviões ‘Folland Gnat’ que integram o ‘Gnats Display Team’ do ‘Heritage Aircraft Trust’ baseado em North Weald.
O triste acontecimento reduz para dois o número de aviões deste tipo ainda em actividade. O ‘Folland Gnat’ quando foi projectado por engenheiros britânicos era para ser um caça-bombardeiro ligeiro, o que nunca veio a acontecer. Voou pela primeira vez em 1955 e tornou-se no avião de treino da Royal Air Force (Força Aérea do Reino Unido) para pilotos que seguiam para os aparelhos a jato. Mais tarde foram utilizados pela esquadrilha ‘Red Arrows’, das mais destacadas a nível mundial. Por lá se mantiveram até 1979 quando foram substituídos pelos ‘Hawk T1’.
Link permanente da imagem incorporada
Trata-se de um modelo de avião com muita história ao nível da acrobacia aérea. Atualmente existem apenas duas unidades a voar, precisamente as que restam no ‘Heritage Aircraft Trust’, uma associação constituída por pilotos que tem por principal objectivo preservar velhos modelos de aviões, nomeadamente militares.

  • Nesta notícia integramos um vídeo que está disponível no canal Youtube e em diversas redes sociais, nomeadamente no Twitter onde estão visíveis dezenas de twetts e documentos sobre o acidente.
  • A foto do avião sinistrado com que abrimos esta notícia é da autoria do nosso colaborador André Garcez, um jovem fotógrafo português especializado em aviação, mas com um arquivo já bastante valioso.

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas