Pular para o conteúdo principal

GREVE DE PILOTOS DA TAP OBRIGA CANCELAMENTO DE VOOS

Nesta sexta-feira, estão confirmados os voos TP87, de Lisboa para Guarulhos; o TP75, de  Lisboa para o Rio de Janeiro (Galeão), e o TP72, do Rio de Janeiro (Galeão) a Lisboa. 
Por outro lado, não deverão ser realizados nesta sexta-feira, de acordo com a companhia, os voos TP64, do Rio de Janeiro (Galeão) para o Porto, e o TP61, do Porto para o Rio de Janeiro (Galeão). 
A companhia aérea já tinha alertado ontem a seus clientes das "enormes dificuldades" previstas por esta greve, que deve durar até o dia 10 de maio.
Em nota enviada na véspera, A TAP afirmou já "lamentava todos os transtornos causados aos seus clientes". "A TAP tem trabalhado incessantemente para encontrar soluções que minimizem as consequências, mas, numa greve de 10 dias seguidos, é impossível à companhia resolver parte dos problemas colocados."
Em seu site, a TAP tornou públicas duas listas, uma composta por 30 voos que estão garantidos pelos serviços mínimos definidos pelas autoridades, e outra com 30 de conexões que "provavelmente não serão realizadas".
A companhia aérea programou para estes dez dias 296 voos diários em média, dos quais em torno de 10% estão garantidos pelos serviços mínimos e o resto dependerá da participação dos pilotos na greve.

A TAP confirmou voos para Alemanha, Angola, a região das ilhas Açores, Bélgica, Brasil, França, Itália, Luxemburgo, o arquipélago português da Madeira, Moçambique, Reino Unido e Suíça.
Privatização

A companhia aérea, propriedade do Estado português e em processo de privatização, advertiu que naquelas conexões que não foram canceladas com antecedência, os passageiros devem fazer seu check in e continuar até o embarque, e somente lá poderá ser confirmado se o voo vai acontecer ou não.

Os pilotos convocaram esta mobilização para protestar pelo que consideram um descumprimento do acordo fechado em dezembro com o governo e a companhia aérea para que uma greve em pleno Natal não acontecesse.
Com esse pacto, o Executivo aceitou a criação de um grupo de trabalho com os representantes dos funcionários da TAP com capacidade de "influir" nas condições exigidas pelo Estado em sua privatização.
"Não podemos aceitar a redução de salários", disse ontem o representante do sindicato, Hélder Santinhos, após confirmar que a greve ia acontecer.
fonte/foto/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA