Pular para o conteúdo principal

TRÊS AVIÕES DA CONVIASA AVARIADOS DEVIDO A INCIDENTE NUM HANGAR EM MAIQUETIA, VENEZUELA



Três aviões da companhia venezuelana Conviasa chocaram dentro de um hangar de manutenção da empresa aérea nacional, no Aeroporto Internacional Simón Bolivar, em Maiquetia, Estado de Vargas, na passada segunda-feira, dia 6 de Abril, refere esta semana a imprensa de Caracas.
As várias notícias publicadas não citam fontes personalizadas, nem são claras sobre o que terá acontecido. Até agora a companhia aérea ou as autoridades aeronáuticas nacionais não emitiram qualquer comunicado sobre o acontecimento, nem tão pouco esclareceram sobre o que aconteceu, e que tem sido amplamente referido pelas redes socais, nomeadamente pelo Twitter.
As notícias conhecidas, e que se reputam de boa fonte, já que dizem os jornais, que são de trabalhadores aeroportuários, dizem que o choque verificou-se quando era levado para o exterior do hangar o único Airbus A340-200 da Conviasa. Por descuido ou negligência de quem dirigia a manobra a única aeronave de longo curso da companhia terá embatido em outros dois aviões de passageiros, de menor dimensão: um Bombardier CJR e um ATR. São dois aparelhos utilizados em voos regionais no interior da Venezuela.
Não se conhece a extensão dos estragos nas aeronaves, cuja inspecção deve estar a decorrer nesta semana. Fontes não oficiais, mas bem informadas no aeroporto, disseram que as reparações dos três aviões demorarão entre duas a seis semanas.

fonte/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA