Pular para o conteúdo principal

HELICÓPTERO DE RESGATE COM PARENTE DE BACHELET DESAPARECE NO CHILE

Um helicóptero que participava das operações de resgate na região de Atacama, no Chile, após as chuvas e inundações que deixaram dezenas de vítimas e graves danos na semana passada, foi dado por desaparecido desde a noite de ontem, informaram nesta quarta-feira (1º) fontes oficiais.

Fontes do Executivo chileno confirmaram que o piloto da aeronave foi identificado como Pedro Pablo Aldunate Arriola, marido de María Isabel Bachelet, prima da presidente Michelle Bachelet.

As mesmas fontes indicaram que ainda não foi confirmada a identidade das outras três pessoas que estavam no helicóptero junto com Aldunate Arriola.

A aeronave, um Bell 206 pertencente a uma empresa privada contratada pela firma Aguas Chañar, estava a caminho do setor de Alto del Carmen, a cerca de 800 quilômetros da capital Santiago, para avaliar a captação de água no local, detalharam as fontes.
Segundo as autoridades militares regionais, até agora não foi ativado o sinal de emergência do helicóptero, disse ao canal "TVN" o chefe da Região em Estado de Exceção de Atacama, Marcelo Urrutia.
As chuvas e inundações que atingiram na semana passada as regiões chilenas de Antofagasta, Atacama e Coquimbo, deixaram até agora 23 mortos, 57 desaparecidos e 22.381 desabrigados, segundo o balanço mais recente do Escritório Nacional de Emergência (Onemi).
fonte/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA