BRASIL NEGOCIA COM ARGENTINA VENDA DE 24 GRIPEN E 6 KC-390

O jato militar de transporte KC-390 se prepara para voar. Foto: Divulgação/Embraer 

Foto: Divulgação/Embraer



A Argentina pretende comprar do Brasil 24 caças Gripen NG e seis cargueiros militares KC-390, que será fabricado pela Embraer, que também vai participar da montagem dos jatos supersônicos em parceria com a sueca Saab.
Na última terça-feira, após reunião bilateral em Buenos Aires, os ministros da Defesa dos dois países assinaram declaração conjunta iniciando conversações para concretizar o negócio. A previsão para a comercialização das aeronaves consta da “Declaração pela Democracia e a Paz”, assinada pelos ministros Jaques Wagner e Agustín Rossi.

Aliança. Wagner destacou o caráter estratégico da aliança com a Argentina, considerada fundamental para a integração regional da América do Sul.
Disse ainda que foi uma decisão política que atende ao interesse de fortalecer a parceria e a cooperação no campo da defesa.
Já Rossi abriu negociações para a compra do Gripen NG e reiterou a intenção de adquirir seis KC-390, projeto da Embraer que fez seu primeiro voo em 3 de fevereiro deste ano.

Caças. Os caças Gripen NG, projetados pela Saab, serão produzidos no Brasil em parceria com a Embraer, que tem sede em São José dos Campos.
Em outubro do ano passado, a FAB (Força Aérea Brasileira) assinou contrato para a aquisição de 36 aeronaves.
Os caças serão entregues entre 2019 e 2024. O investimento previsto é de cerca de R$ 13 bilhões.
A maior parte das aeronaves encomendadas pela FAB será produzida em território nacional.
De acordo com o Ministério da Defesa, empresas brasileiras, como a Embraer, “se beneficiarão da transferência de tecnologia prevista no contrato com a companhia sueca”.
Além disso, a pasta considera que o desenvolvimento e fabricação de ambos os projetos “provocarão a geração de milhares de empregos diretos e indiretos no país”.


KC-390
Jato e cargueiro militar desenvolvido pela Embraer para a FAB, que comprará 28 aeronaves, ao custo de R$ 7,2 bilhões. O avião fez seu primeiro voo em 3 de fevereiro deste ano

Gripen NG
Caça supersônico da sueca Saab cujo modelo mais moderno será desenvolvido em parceria com a Embraer. O Brasil comprará 36 aeronaves, pagando cerca de R$ 13 bilhões


fonte/OVale

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas