Pular para o conteúdo principal

DOIS PILOTOS BRASILEIROS SÃO ACUSADOS DE VIOLAÇÃO DO ESPAÇO AÉREO NA VENEZUELA

Narcotráfico Zulia Brasileiros

Os pilotos brasileiros Enlil Oliveira da Silva, 48 anos, e Maulos de Paula Balcacar, de 34 anos, serão presentes a Tribunal, acusados de terem violado o espaço aéreo venezuelano a bordo de um avião ligeiro Piper 310, no passado dia 26 de Março, tendo aterrado depois no Aeroporto Miguel Ángel Urdaneta, em Santa Bárbara, Município Colón do Estado Zulia, no Norte da Venezuela.

O jornal ‘El Universal’ que se publica em Caracas, refere que na audiência preliminar de hoje, após conclusão da fase de inquérito do processo, o Ministério Público formalizou a acusação contra os dois pilotos por tráfico de drogas, associação criminosa, interferência na segurança operacional da aviação civil, desvio e obtenção fraudulenta de rotas, alteração de registos individuais de aeronaves e condução ilegal de uma aeronave.

Todos estes delitos estão previstos e sancionados no Código Penal da República Bolivariana da Venezuela. De acordo com o jornal os juízes de instrução validaram a detenção dos dois pilotos brasileiros, agora reclusos numa prisão de El Marite, onde aguardam julgamento.

O jornal venezuelano refere ainda que os dois pilotos viajavam num avião que tinhas uma matrícula falsa, feita com adesivos e colada sobre a verdadeira e que a bordo transportavam um quantidade não revelada de cocaína. Também não possuíam no momento em que foram abordados pelas autoridades venezuelanas quaisquer documentos ou registos que lhes permitisse sobrevoar território da Venezuela.

fonte /foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA