domingo, 17 de agosto de 2014

CARTÉIS DE DROGA ABANDONAM AERONAVES EM ZONAS DO CARIBE HONDURENHO

Avioneta Honduras_14ag2014_900

As autoridades militares das Honduras anunciaram ontem, dia 15 de Agosto, que encontraram duas aeronaves abandonadas em zonas de selva e reserva florestal, no Departamento de Gracias a Dios, no litoral do Caribe. Sobre ambas recai a suspeita de estarem a ser utilizadas no transporte de droga, o que, infelizmente, é corrente naquela área geográfica.

O porta-voz das Forças Armadas hondurenhas disse que estão a investigar a proveniência de um avião ligeiro, de dois motores, que foi encontrado em La Mosquitia, na fronteira com a Nicarágua. Embora os militares tenham referido que o avião está totalmente destruído, fotografias chegadas aos jornais mostram apenas o trem quebrado e alguns estragos na fuselagem, não tão graves para considerá-lo como perda total. Não foi encontrado plano de voo nem qualquer referência ao sobrevoo do espaço aéreo das Honduras relacionados com a aeronave.

heli honduras abertoheli honduras registo
No dia anterior, 14 de Agosto, tinha sido encontrado, em Brus Laguna, no mesmo departamento de Gracios a Dios, num terreno baldio, um helicóptero, este em boas condições mecânicas, segundo os militares, que estava também vazio e ostentava um adesivo com uma matrícula dos Estados Unidos da América, quando na verdade o registo verdadeiro estava pintado na fuselagem e não era o mesmo.

Desde há três meses que o Governo das Honduras, com o apoio das Forças Armadas, montou um escudo aéreo, marítimo e terrestre naquela zona do Caribe para impedir o ingresso de aeronaves com carregamentos de droga e produtos afins. 

Neste ano de 2014, refere uma nota do Governo distribuída em Tegucigalpa, já foram apreendidas três toneladas de cocaína e dezenas de barris com produtos químicos destinados ao processamento de drogas proibidas, destinados a laboratórios de processamento escondidos na selva, todos procedentes de outros países da América do Sul.

fonte/foto/NewsAvia

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...