Pular para o conteúdo principal

AEROPORTO DE GUARULHOS TERÁ DECOLAGENS "SIMULTÂNEAS"

O aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, terá decolagens quase simultâneas ocorrendo em suas duas pistas. A Aeronáutica, que é responsável por controlar o tráfego aéreo no Brasil, deseja implantar a mudança em 31 de maio. As informações são do jornal Folha de S.Paulo. 

De acordo com a publicação, a data para a implantação da mudança pode mudar porque a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC)  precisa definir se será necessário treinar pilotos. 
Atualmente, o aeroporto tem atraso médio de 15% nos voos. A intenção com a mudança é reduzir o índice para algo entre 5% e 10%, de acordo com o chefe do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA) da Aeronáutica, coronel aviador Ary Bertolino. 
Segundo o jornal, aviões decolarão simultaneamente quando o tempo estiver bom - com ao menos 5 quilômetros de visibilidade e 1,5 quilômetro de teto, situação que ocorre em 70% do tempo. 

Atualmente, o intervalo entre essas operações é de um a dois minutos. Nas aterrissagens, o comandante poderá ser autorizado a pousar em uma pista ou na outra.
De acordo com Bertolino, companhias aéreas brasileiras e americanas adotarão o novo modelo. As companhias europeias afirmaram que precisam de mais tempo para adaptação e, num primeiro momento, não vão aderir a mudança. 

fonte/Terra


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA