domingo, 9 de março de 2014

VOO DA TAP QUE SEGUIA DE LISBOA PARA RECIFE FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NA ILHA DO SAL


Um voo da companhia TAP que seguia de Lisboa para o Recife precisou fazer um pouso de emergência na Ilha do Sal, em Cabo Verde, no continente africano, no início da noite deste domingo (9). De acordo com informações do sistema online da Infraero, o avião estava previsto para pousar no Aeroporto dos Guararapes, na Zona Sul da capital pernambucana, às 21h15. O horário foi ajustado, em seguida, para as 23h.

Um dos passageiros, que não quis se identificar, relatou que o comandante da aeronave informou que o motor do lado direito estava “apresentando um consumo exagerado de óleo”. Ele calculou que cerca de 300 pessoas eram transportadas. Segundo a testemunha, o avião retornou à Ilha do Sal 30 minutos após ter passado pela região.

O passageiro ainda explicou que os passageiros foram orientados a desembarcar no aeroporto da Ilha do Sal. “Quando o comandante anunciou o problema e que iria ter que pousar, muitos ficaram desesperados”, conta. Já no aeroporto africano, "as pessoas ficaram nervosas, cobrando da TAP notícias sobre o real problema da aeronave", completou o passageiro.

A assessoria de imprensa da TAP informou que o voo TP 011 precisou pousar na Ilha do Sal devido a problemas técnicos na aeronave. De acordo com a empresa, o piloto julgou necessário interromper o trajeto antes da chegada ao destino por uma questão de segurança.

Os passageiros devem passar a noite na Ilha até que um engenheiro de manutenção da companhia portuguesa chegue ao aeroporto africano e realize uma vistoria no avião. Somente após essa análise será possível determinar se a aeronave pode continuar a viagem ou se uma nova vai ser disponibilizada.

O voo que sairia do Recife para Lisboa na mesma aeronave, com decolagem prevista para as 23h, precisou ser cancelado. A assessoria de imprensa da TAP informou que todos os direitos dos passageiros, incluindo os daqueles que iriam do Recife para Lisboa, serão respeitados.

fonte/G1

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...