Pular para o conteúdo principal

BOEING DREAMLINER VOLTA A SER PESADELO DA BOEING - NÃO HÁ QUEM OS COMPRE


Boeing 787 Dreamliner
Divulgação - Dreamliner da Boeing

Várias companhias aéreas estão a anular encomendas e a preferir outros equipamentos ao avião comercial da construtora Boeing. As dúvidas em adquirir o Dreamliner poderão estar relacionadas com os problemas técnicos que estes equipamentos têm enfrentado. Foram detectados vários erros nas baterias - algumas rebentaram - e até no desenho do corpo deste avião. 


Depois de várias companhias terem reportado estes problemas, a Boeing teve de suportar vários encargos para reparar os equipamentos e, mesmo agora, alguns ainda estão 'presos' à espera de dono, o que parece estar difícil de acontecer. 


De acordo com a agência Bloomberg, a russa Transaero Airlines retirou uma encomenda em dezembro, enquanto que a companhia aérea da Indonésia comunicou em janeiro que iria optar por Boeing 737 em vez dos cinco Dreamliners que tinha previsto. O recuo nas compras inclui ainda a RwandAir, que chegou a assinar uma carta de intenções em 2012, e que acabou por nunca efectivar.
A Transaero, Garuda e Malaysia Air não quiseram comentar as ações. Mas a RwandAir afirmou que os planos de aquisição de equipamentos ainda não são finais e que, pelo menos, até 2017 não iriam comprar quaisquer Boeing 787. 

Douglas Kelly, responsável por avaliação de ativos, afirmou à Bloomberg que os primeiros 787 "continuam a apresentar um bom valor". As melhorias colocam-nos tão bem posicionados como os novos equipamentos e, lembra Kelly, permitem 10% de poupança de combustível, acima do que é conseguido pelo Airbus A330, por exemplo.

fonte/DinheiroVivo/Portugal
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA