Pular para o conteúdo principal

PILOTO DE BIMOTOR FAZ POUSO FORÇADO, BATE EM POSTE E SAI ILESO

Piloto de bimotor faz pouso forçado, bate em poste e sai ileso em MG Engenheiro que saiu de GO acredita em falha mecânica. Seripa realizará perícia em Uberaba na manhã desta quinta (21).
 

Um bimotor modelo Cessna 310 que saiu de Goiânia (GO) fez um pouso forçado no início da noite desta quarta-feira (20), no Distrito Industrial 2, em Uberaba . O engenheiro Antônio Greco era quem pilotava a aeronave. Ele estava sozinho e saiu ileso do acidente. Apenas uma das asas ficou danificada devido à colisão com um poste no momento da queda, o que interrompeu o fornecimento de energia elétrica para uma casa da região. Treze militares, entre bombeiros e policias, estiveram no local prestando atendimento e nenhuma irregularidade foi constatada na documentação. 

De acordo com o condutor, a causa foi falha mecânica. "Eu estava a pouco mais de 200 metros da pista e os dois motores pararam de repente. Ele tem um tanque de reserva, mas quando acaba a gasolina do tanque principal a gente não consegue puxar do auxiliar. Eu fiz uma curva à esquerda e consegui fazer um motor pegar novamente. Dei uma volta grande e aos poucos consegui subir. 

Quando eu ia para a pista novamente, enfrentei um uma chuva forte que me jogou para o chão. Foi então que fiz o pouso forçado e acabei batendo em um poste”, afirmou. 

A perícia do acidente será feita na manhã desta quinta-feira (21) pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa). 

fonte/G1/MG/foto/AlexRocha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA