Pular para o conteúdo principal

CORPOS DE 30 VÍTIMAS DE AÉREO NO LAOS SÃO RESGATADOS

 As equipes de resgate recuperaram 30 corpos do total das 49 pessoas, entre viajantes de 11 nacionalidades e tripulação, que morreram na última quarta-feira (16) em um acidente de avião no sul do LAOS, informaram fontes oficiais neste sábado (19).

Em comunicado, a companhia Lao Airlines, proprietária do avião acidentado, divulgou que 14 corpos foram identificados, entre eles o do piloto e de outros três tripulantes, enquanto outros 16 corpos continuam sem identificação.

A aeronave transportava 16 laosianos, sete franceses, seis australianos, cinco tailandeses, três coreanos, três vietnamitas e um americano, um chinês, um malaio e um taiuanês.

Também viajavam a bordo cinco tripulantes, todos eles laosianos exceto um dos pilotos, de nacionalidade cambojana, segundo a companhia aérea.

O QV301, um avião da empresa franco-italiana ATR, caiu no rio Mekong quando se aproximava do aeroporto de Pakse, a capital da província de Champassak, uma hora e 15 minutos depois de ter decolado de Vientiane, a capital do Laos.

A companhia atribuiu o acidente às condições climáticas 'extremamente ruins' e às intensas precipitações causadas pelo tufão 'Nari', que chegou no dia anterior ao Vietnã e segue rumo ao Laos e à Tailândia.

fonte/G1

Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…