AEROPORTO DE BERLIN-BRADENBURG ADIA ABERTURA POR 'RAZÕES DE SEGURANÇA'



 O Aeroporto de Berlin Bradenburg que tinha inauguração prevista para 3 de Junho, adiou a abertura por razões de segurança, devendo começar a operar “depois das férias de Verão”. A TAP que anunciou o início de voos entre Lisboa e Berlim a 5 de Junho, com destino ao novo aeroporto alemão, está actualmente a “estudar o assunto" e a "ver alternativas”, disse ao PressTUR, André Serpa Soares, do Gabinete de comunicação da companhia.

“Razões técnicas ligadas a instalações de protecção de incêndios tornam necessário o adiamento da abertura do Aeroporto de Berlin Brandenburg”, informa o operador do aeroporto em comunicado, que diz também que a estrutura “vai começar a operar depois das férias do Verão”, mas sem data em concreto.
Os voos para a capital alemã vão continuar a ser geridos pelos dois actuais aeroportos, nomeadamente, Schönefeld e Tegel, a partir de 3 de Junho, diz ainda o comunicado.

TAP está a “estudar o assunto” e a “ver alternativas”
A decisão de adiamento do Aeroporto de Berlin Brandengurg “apanhou todos de surpresa”, disse ao PressTUR André Serpa Soares, do gabinete de comunicação da TAP que refere também que a companhia está “a estudar o assunto” e a “ver alternativas”, podendo ter uma resposta para breve.
A TAP anunciou em Dezembro passado o início de voos para Berlim a partir de 5 de Junho. A capital Alema é a quinta cidade alemã a ter voos da companhia portuguesa, e os voos seriam realizados para o novo aeroporto de Berlim, como indica o código do aeroporto no site da companhia (BER – Brandenburg).

Lufthansa e Air Berlim vão operar de e para Tegel
A Lufthansa que lamenta “especialmente não poder oferecer aos passageiros o comforto do novo aeroporto da Capital” indica que vai manter a extensão do programa de voos de Berlim, e que os voos adicionais “vão começar apesar dos actuais desenvolvimentos” e que está actualmente “em conversações com o Aeroporto de Tegel para assegurar os slots necessários”.
A Air Berlin, por seu lado, refere que até à abertura do novo aeroporto, “vai continuar a voar de e para Berlin-Tegel” e “fazer os possíveis para que o impacto nos passageiros seja mínimo”
. fonte/PressTur
 


Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas