Pular para o conteúdo principal

AVIÃO AGRÍCOLA CAIU NO DIA 18, EM CHAPADÃO DO SUL, MATO GROSSO DO SUL

 O avião Agrícola que caiu agora pouco na fazenda padrão pertence a empresa Tenoar Agrícola. 

O piloto Duílio Aurélio Gréggio, natural de Araçatuba (SP) eram quem estava no avião prefixo PTUKA que caiu sobre uma plantação de milho na fazenda Padrão por volta das 10 horas (MS) de hoje, em Chapadão do Sul. Ele sobreviveu á colisão com o solo mas sofreu traumatismo craniano na região frontal da cabeça, provável fratura no pé esquerdo e ferimentos na região toráxica. Caminhou cerca de 200 metros em busca de socorro, apesar dos ferimentos graves. A vítima recebeu os primeiros socorros nas imediações de um galpão da propriedade localizado numa área denominada “algodoeira”.
O avião pertence á empresa Tenoar, Aviação Agrícola, e executava serviço de pulverização quando a aeronave se enroscou num cabo de alta tensão. Por sorte não houve fagulha ou explosão, o que poderia inviabilizar o salvamento do piloto. Instintivamente ele foi se afastando da aeronave, aumentando suas chances em caso de incêndio.

Duílio está sendo avaliado no setor de emergência do Hospital Municipal de Chapadão do Sul. Durante a remoção ele gemia muito acusando fortes dores no peito e na cabeça. Já a área onde o avião caiu está isolada porque alguns cabos de alta tensão ainda podem conter carga elétrica e causar acidentes fatais. A Enersul foi acionada para consertar a rede de energia que alimenta os equipamentos da Fazenda Padrão. Soldados do Corpo de Bombeiros também estão no local.

fonte/OCorreioNews/foto/WillianMorais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA