Pular para o conteúdo principal

HELICÓPTERO COM TRÊS TRIPULANTES CAI NA BACIA DE CAMPOS

O Sindipetro-NF confirmou a queda de um helicóptero na Bacia de Campos, na cidade de Macaé, no Norte Fluminense. Segundo informações do sindicato, o acidente foi na manhã desta quarta-feira (27) próximo da Plataforma P-7. A aeronave da empresa de táxi aéreo Líder Aviação estava com três tripulantes e todos conseguiram acionar o bote salva-vidas e se salvar. O helicóptero cargueiro chegou a ficar um tempo com o flutuador, mas emborcou e afundou em seguida.

Os três tripulantes foram socorridos do bote por trabalhadores da P-7 e levados de volta para a plataforma. Ainda segundo o Sindipetro, o modelo da aeronave é BELL 412. O estado de saúde dos tripulantes ainda não foi divulgado. Sobre o que poderia ter causado a queda, o Sindipetro informou que será preciso concluir as investigações.

Segundo o diretor de comunicação do Sindipetro, Marcos Breda, o órgão vai participar da  investigação sobre o caso e espera uma medida para evitar novos acidentes.

“O sindicato tem o direito de participar das comissões de investigação dos acidentes graves e fatais da PETROBRAS, a gente conseguiu isso desde a época do acidente da P-36. O sindicato, há alguns anos, já vem denunciando problemas sobre estrutura aérea na Bacia de Campos. O último acidente com mortes na Bacia de Campos foi em setembro de 2011, na área de Macaé. De lá pra cá tivemos outras ocorrências, mas sem mortes e sempre debatemos isso com a Petrobras”, disse Breda em entrevista ao G1.

A equipe do G1 tentou contato com a assessoria da Petrobras, por telefone, mas até às 12h05 não conseguiu resposta. A empresa informou que vai se pronunciar por e-mail através de uma nota. A empresa Líder Aviação, responsável pela aeronave, informou que está checando algumas informações sobre o acidente e também garantiu que enviará uma nota para a imprensa.

fonte/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA