quarta-feira, 27 de março de 2013

CÂMARA FLEXIBILIZA LEI DOS HELIPONTOS E REVOLTA MORADORES DE SÃO PAULO

Parado na Câmara Municipal desde 2011, o projeto de lei que flexibiliza as regras para instalação de helipontos em São Paulo foi aprovado na noite desta terça-feira. O texto reduz em cem metros a distância mínima entre os locais de pouso, assim como de escolas e hospitais. Esse limite passará de 300 para 200 metros de cada lado. De autoria do vereador Milton Leite (DEM), a proposta também libera a licença de cerca de 60 endereços hoje irregulares. As alterações atendem à demanda do setor de táxi aéreo, que considera as normas criadas em 2009, pela então gestão Gilberto Kassab (PSD), muito rígidas.  As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Associações de moradores - sobretudo da região da Lapa, na zona oeste da capital, bastante afetada pela poluição sonora de helicópteros - receberam a notícia com espanto. "É um absurdo terem votado na calada da noite. Estivemos em audiência pública com o setor e ficou acordado que a questão da distância entre os helipontos deveria ser melhor discutida", diz Maria Laura Fogaça Zei, presidente da Associação de Amigos e Moradores pela Preservação do Alto da Lapa e Bela Aliança (Assampalba). "Vamos tentar fazer um abaixo-assinado com outras entidades da região e levar ao Ministério Público."

fonte/Terra

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...