Pular para o conteúdo principal

CÂMARA FLEXIBILIZA LEI DOS HELIPONTOS E REVOLTA MORADORES DE SÃO PAULO

Parado na Câmara Municipal desde 2011, o projeto de lei que flexibiliza as regras para instalação de helipontos em São Paulo foi aprovado na noite desta terça-feira. O texto reduz em cem metros a distância mínima entre os locais de pouso, assim como de escolas e hospitais. Esse limite passará de 300 para 200 metros de cada lado. De autoria do vereador Milton Leite (DEM), a proposta também libera a licença de cerca de 60 endereços hoje irregulares. As alterações atendem à demanda do setor de táxi aéreo, que considera as normas criadas em 2009, pela então gestão Gilberto Kassab (PSD), muito rígidas.  As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Associações de moradores - sobretudo da região da Lapa, na zona oeste da capital, bastante afetada pela poluição sonora de helicópteros - receberam a notícia com espanto. "É um absurdo terem votado na calada da noite. Estivemos em audiência pública com o setor e ficou acordado que a questão da distância entre os helipontos deveria ser melhor discutida", diz Maria Laura Fogaça Zei, presidente da Associação de Amigos e Moradores pela Preservação do Alto da Lapa e Bela Aliança (Assampalba). "Vamos tentar fazer um abaixo-assinado com outras entidades da região e levar ao Ministério Público."

fonte/Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA