sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

PILOTO MORTO EM QUEDA DE AVIÃO ERA PRESIDENTE DO AEROCLUBE DE CARAZINHO

Dalton Schlichting, 49 anos, pilotava uma aeronave agrícola no momento do acidente


Piloto morto em queda de avião era presidente do Aeroclube de Carazinho Jeri Luis Rossoni/Esepcial
Aeronave caiu em um matagal ao lado de uma lavoura de soja Foto: Jeri Luis Rossoni / Esepcial
Fernanda da Costa
 
A queda de um avião na manhã desta sexta-feira deixou o Aeroclube de Carazinho, no norte do Estado, em luto. O presidente da entidade Dalton Schlichting, 49 anos, morreu enquanto pilotava uma aeronave agrícola em Chapada, município vizinho.

Conforme a Brigada Militar de Carazinho, Schlichting realizava um voo para pulverização de uma lavoura de soja quando o avião caiu em um matagal ao lado do local, por volta das 7h30min. A lavoura fica localizada às margens da rodovia Carazinho-Chapada (ERS-330). O piloto não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

No Aeroclube de Carazinho, Schlichting atuava como instrutor de voo. Ele também trabalhava como piloto de aviões agrícolas para uma empresa do município. Uma equipe da Aeronáutica realizou a perícia na aeronave.


Schlichting era instrutor de voo
Foto:Mayara Dalla Libera, Diário da Manhã Carazinho


O velório do piloto será realizado no próprio aeroclube e o enterro, ainda sem local definido, deve ser realizado depois das 10h de sábado.

A morte de Schlichting motivou manifestações de lamento dos moradores de Carazinho nas redes sociais. A maioria das mensagens divulgadas no Facebook expressava apoio à família. Segundo a BM, alguns amigos do piloto também foram ao local do acidente durante o dia, em busca de informações. Entre as homenagens públicas, uma faixa de tecido preta foi colocada no monumento em forma de avião que fica no trevo de acesso à cidade, na rodovia Carazinho-Cruz Alta (BR-285). O  site oficial do aeroclubeestampou a capa preta a partir da tarde.

Segundo acidente aéreo na região


Dez dias antes, a queda de um monomotor nas proximidades do Aeroclube de Passo Fundo, a cerca de 90 quilômetros de Chapada, matou o piloto Alexandre Scheidmandel, 43 anos. Sócio de uma escola de aviação, ele também era natural de Carazinho.


Acidentes com aviões cresceram 16% no país

A morte de dois pilotos no norte do Estado em menos de dez dias expôs o aumento no número de acidentes com aeronaves brasileiras. Nos últimos dois anos, o número de ocorrências com aviões saltou de 132 para 154, um aumento de 16%, segundo dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

De acordo com o órgão, apenas o número de acidentes com aviões agrícolas no país cresceu de 16, em 2010, para 26, em 2011, um salto de 62%. A perda do controle da aeronave, manobras à baixa altura e falha no motor são as três principais causas das ocorrências com este tipo de avião, conforme o levantamento da instituição.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a frota de aeronaves agrícolas do Estado é a segunda maior do país, com 384 aviões, atrás apenas do Mato Grosso, que possui 394 aeronaves. 
 
fonte/foto/ZeroHora

Nenhum comentário:

EM HOMENAGEM AOS 48 ANOS DA EMBRAER, PILOTOS FAZEM VOO COM TRAÇADO EM FORMA DO LOGOTIPO DA EMPRESA NOS EUA

No aniversário de 48 anos da Embraer, pilotos que faziam um voo teste nos Estados Unidos fizeram uma homenagem traçando no céu a logom...