terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

CORÉIA DO NORTE CONFIRMA REALIZAÇÃO DO TERCEIRO TESTE NUCLEAR


A Coreia do Norte confirmou, na madrugada desta terça-feira (12), que realizou "com sucesso" o seu anunciado terceiro teste nuclear. O país já havia produzido atividade semelhante em duas ocasiões anteriores, em 2006 e em 2009. A informação foi dada pela agência estatal KCNA.

Mais cedo, o governo sul-coreano indicou essa possibilidade, ao anunciar um abalo sísmico de magnitude 5,1 na escala Richter, no condado norte-coreano de Kilju, onde está localizada a base de Punggye-ri --tradicional espaço de testes nucleares do país vizinho.

O governo norte-coreano destacou que o teste nuclear produzido nesta terça-feira foi de "maior nível" que os anteriores, e que conseguiu reduzir o tamanho e o peso da bomba, em uma mostra de que o país avançou em seu objetivo de dotar seus mísseis balísticos de capacidade atômica.
A agência estatal do regime confirmou que os resultados das medições do teste nuclear cumprem com as previsões, e que "não teve impacto algum sobre o meio ambiente da região".

Ameaça aos EUA

O regime de Kim Jong-un qualificou sua ação como uma "medida prática" para fazer frente às "hostilidades" dos Estados Unidos, país que o líder norte-coreano já chamou, em algumas ocasiões, de "inimigo jurado".
No último dia de 30 de janeiro, a Coreia do Norte já havia se referido aos Estados Unidos com hostilidade, acusando o país de "monopolizar a hegemonia mundial das armas nucleares", e lançou a ameaça de uma "dissuasão nuclear em defesa própria" perante as "hostilidades" de Washington.
"Quanto mais hostilidade buscarem os EUA, mais forte será o elemento de dissuasão nuclear da Coreia do Norte em defesa própria", assinalou a agência de notícias do regime, a "KCNA".
O país comunista destacou ainda que os EUA tentam "dominar o campo das armas estratégicas" e acusou Washington de "intensificar os preparativos para uma guerra nuclear" sob o pretexto das ameaças norte-coreanas.
O comunicado foi produzido cerca de uma semana após a Coreia do Norte ter anunciado a intenção de realizar um novo teste nuclear, como resposta às novas sanções anunciadas pela ONU por conta do lançamento de um foguete de longo alcance em dezembro.
Na época, Pyongyang advertiu ainda que esse teste será "de maior nível", enquanto anunciou a intenção de prosseguir com o lançamento de satélites e mísseis de longo alcance.
O regime norte-coreano fez seu primeiro teste nuclear em outubro de 2006, três meses após o lançamento de vários mísseis, e a segunda, em maio de 2009, depois de testar um foguete de longo alcance. As duas ações renderam a condenação internacional e sanções da ONU.

fonte/UOL
Enhanced by Zemanta

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...