segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MONOMOTOR CAI EM CANTÁ, RORAIMA

O coronel Rosael da Silva Dias, responsável pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC), confirmou para a Folha, agora há pouco, que o empresário Vibaldo Nogueira Barros, o Vivi, de fato fugiu da sede do CPC, provavelmente na noite de domingo ou madrugada desta segunda-feira. Ele disse que foi informado da fuga por volta das 7h30.

O comandante do CPC também afirmou que pode haver ligação da fuga de Vivi com um avião monomotor que caiu na madrugada desta segunda-feira, no Município do Cantá, entre 3h30 e 4h. A aeronave explodiu ao cair e entre os escombros há um corpo carbonizado que pode ou não ser de Vivi.

Conforme a PM, trata-se de um avião da empresa Paramazônia, de propriedade de Vivi. A queda foi informada para a PM por volta das 4h30, quando o oficial do dia, o capitão Alves Fernandes, se dirigiu para a região. Antes de encontrar o local exato da queda, ele viu um helicóptero preto baixando no local e depois saindo imediatamente. Não deu para ver o prefixo do helicóptero nem se levou alguém que poderia ter sobrevivido.

A queda foi em um canavial de uma fazenda, nas proximidades do balneário Aracati, no Cantá, ao longo da BR-401, que dá acesso à Guiana.

fonte/foto/FolhaDeBoaVista

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...