segunda-feira, 24 de setembro de 2012

HELICÓPTERO DERRUBA POSTE NO AEROPORTO DE BELÉM, PARÁ


Um helicóptero derrubou um poste ao finalizar um procedimento de pouso, ontem à tarde, no Aeroporto Internacional de Belém, em Val-de-Cães. O piloto e os dois passageiros ficaram feridos no acidente, mas sem gravidade. A aeronave, pertencente à empresa Morro Vermelho Táxi Aéreo, se deslocava na pista a poucos centímetros do chão, manobrando até a posição em que deveria permanecer, quando uma das hélices bateu no poste, derrubando-o sobre a própria aeronave. 

Segundo a assessoria de imprensa da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) de Belém, os três ocupantes do helicóptero tiveram apenas ferimentos leves. A Infraero não divulgou o nome dos feridos. 

A aterrissagem malsucedida estava prevista para a área conhecida como pátio-remoto. O acidente foi registrado por volta das 15h35, no momento em que chovia forte. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar os passageiros do helicóptero. O pouso e a decolagem de outras aeronaves não foram prejudicados pelo acidente. 

Testemunhas disseram que um forte barulho foi ouvido quando a aeronave bateu no poste. "Todos ficaram assustados com o que ocorreu. Foi na hora da chuva e as pessoas que estavam na aeronave tiveram sorte de não se machucar com gravidade. Sofreram apenas arranhões", contou uma testemunha, que pediu para não ser identificada. A testemunha contou, ainda, que não faltou luz no local por causa da batida e que os bombeiros foram ao local para atender os ocupantes da aeronave.

A assessoria da Infraero informou que o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) ficará responsável por investigar as causas do acidente. Até o início da noite de ontem, o helicóptero ainda não havia sido removido da pista, mas foi envolto em uma lona preta. A imprensa não teve acesso ao local do acidente.

fonte/AmazoniaHoje/foto/TarsoSarraf

 

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...