Pular para o conteúdo principal

FAMÍLIA CANCELA VELÓRIO APÓS AVIÃO QUE TRAZIA CORPO PARA BRASÍLIA DESAPARECEU

A família que aguardava a chegada de um corpo que estava no avião que desapareceu na noite desta segunda-feira (24) após decolar de Ilhéus, na Bahia, suspendeu o velório que estava marcado para a manhã desta terça, em Brasília. O bimotor Sêneca EMB-810 transportava o corpo de uma mulher de 61 anos que morreu afogada na Bahia no último sábado (22).

Além do piloto, o marido da vítima do afogamento também estava no avião, disse ao G1 Ivone Cardoso, amiga da família. “Estava saindo para o velório quando a irmã da falecida me ligou avisando que o avião com o corpo não chegou e estava desaparecido.”

Segundo ela, a mulher que morreu afogada viajava com o marido, a sogra e mais um casal de parentes. Ela se afogou ao cair em um buraco em uma praia do sul da Bahia no sábado. Os parentes retornaram a Brasília no domingo e o marido permaneceu na Bahia esperando a liberação do corpo, que ocorre nesta segunda. Ele então alugou a aeronave para fazer o traslado.

Ivone Cardoso afirma que a família não tem muitas informações sobre o desaparecimento do bimotor. “A última notícia que a família teve foi por meio de uma ligação do marido, dizendo que estava embarcando. A família estava esperando no aeroporto e ninguém chegou. Foi aí que a Infraero falou que o avião não havia chegado.”

O superintendente da Infraero em Ilhéus, João Bosco Bezerra, disse que o contato com o piloto foi perdido logo após o início do voo. "Logo depois da decolagem, que ocorreu por volta das 23h, não obtivemos mais contato com o piloto, chamamos e ele não retornou. Depois constatamos que a aeronave não chegou ao seu destino e acionamos os órgãos de salvamento."

Segundo Bezerra, as buscas pelo bimotor são realizadas em terra e mar. Uma área de aproximadamente um quilômetro, situada entre dois hotéis do litoral, são percorridas, além de cerca de três milhas adentrando o mar.

A Salvaero e a Marinha trabalham nas buscas e contam com o apoio de barcos pesqueiros da região. Um helicóptero da Aeronáutica saiu do Rio de Janeiro no início da tarde para auxiliar a busca em Ilhéus.

A aeronave, de prefixo PT-RDG, estava com a documentação em dia, segundo registro na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O avião tinha capacidade para cinco passageiros e peso máximo de decolagem de 2.073 quilos.

fonte/G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…