Pular para o conteúdo principal

GREVES EM AEROPORTO DA ALEMANHA CANCELAM CENTENAS DE VOO

FraportWikipedia)
FRANKFURT, 27 Mar (Reuters) - Companhias aéreas cancelaram nesta terça-feira 450 dos 1.300 voos programados no aeroporto de Frankfurt, o maior da Alemanha, devido à greve dos trabalhadores de solo envolvidos em uma disputa salarial, afirmou a empresa que opera o terminal, Fraport.

Os funcionários aeroportuários de solo em Munique, Dusseldorf e Colônia também paralisaram as atividades. Espera-se que retornem aos seus postos no início da tarde.

A Deutsche Lufthansa, que opera um total de 1.850 voos em um dia normal, afirmou que cancelou em torno de 400 dos voos planejados para esta terça-feira, em linha com as expectativas.

A companhia menor Air Berlin afirmou que 23 das várias centenas de voos programados não decolarão, mais do que os oito cancelamentos previstos.
Mais greves podem ocorrer em breve.

O chefe do sindicato alemão de serviços Verdi, Frank Bsirske, disse na segunda-feira que se as greves de alerta não fossem suficientes para conseguir um acordo salarial, o sindicato poderia assumir uma linha mais dura nas próximas semanas.

Caso o sindicato e os empregadores não cheguem a um acordo nas negociações nesta semana, a disputa poderá ir à mediação. Se a mediação falhar, o sindicato poderá fazer uma votação com seus membros sobre uma greve mais ampla na segunda metade de abril, afirmou Bsirske.

O Verdi pressiona por um aumento de 6,5 por cento para em torno de dois milhões de trabalhadores públicos federais e locais e pelo menos 200 euros a mais por mês.

Empregadores ofereceram um aumento de 3,3 por cento durante um período de 24 meses e um único pagamento.

fonte/Yahoo
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…