Pular para o conteúdo principal

NUVEM GIGANTE DE POEIRA DO SAARA CAUSA TRANSTORNOS NA ÁFRICA OCIDENTAL


Uma nuvem de pó do deserto do Saara com milhares de quilômetros de extensão ofuscou o sol e impediu voos em todo o oeste da África, na pior tempestade de areia a atingir a região em dois anos.
Uma imagem por satélite da Nasa mostrou uma coluna marrom-amarelada do norte do Saara ocidental até o Mali.

Imagem da Nasa mostra a nuvem de poeira (Foto:  NASA image courtesy Jeff Schmaltz) 

Imagem da Nasa mostra a nuvem de poeira (Foto: NASA , cortesia de Jeff Schmaltz)

Moradores da capital da Mauritânia, Nuakchott, cobriram os rostos com véus ou ficaram dentro de casa enquanto os motoristas ligavam os faróis no meio do dia para enxergar através da névoa. A tempestade, que começou em 6 de fevereiro, deixou camadas grossas de poeira nas calçadas e nas vitrines das lojas.

"Eu estou comendo areia nos últimos dois dias", disse Lea Polony, uma empresária em Nuakchott. "Os locais aonde vou trabalhar foram abandonados por funcionários e clientes".

No vizinho Sengal, o aeroporto Leopold Sedar Senghor cancelou mais de uma dezena de voos na terça-feira, depois que partículas de pó obscureceram o sol e reduziram a visibilidade para menos de 400 metros.

Um meteorologista disse que a poeira vinha na maior parte do noroeste do Saara, provocada pelo chamado Harmattan, um vento sazonal que ocorre durante o inverno no hemisfério norte.
"Esse é um fenômeno anual durante o Harmattan, mas a última vez que vimos uma nuvem de poeira como esta foi em 2010", disse Mamina Kamara, da Agência de Meteorologia do Senegal. "Esperamos que comece a levantar amanhã".

O Ministério do Meio Ambiente do Senegal disse na quarta-feira que a qualidade do ar continuava "ruim" em Dacar - um aglomerado urbano de 4 milhões de pessoas -, o que representa um risco para a saúde.

fonte/Reuters/G1
Enhanced by Zemanta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…