Pular para o conteúdo principal

COM NOVO JATO, EMBRAER BUSCA CONQUISTA DE UM NOVO MERCADO

Embraer E2 Foto: Divulgação / Embraer
Apresentando nesta terça, o E195-E2 é o maior avião fabricado no Brasil e nasce com uma missão: ser a ‘mais eficiente’ aeronave comercial do mundo para as rotas domésticas, segundo o planejamento da empresa

Xandu Alves
São José dos Campos
Apostando em eficiência, a Embraer quer conquistar o mercado de empresas aéreas de baixo custo com o lançamento do jato comercial E195-E2, apresentado ao público ontem, em São José dos Campos.
Trata-se do maior avião projetado e fabricado no país, e, de acordo com a Embraer, o ‘mais eficiente avião comercial do mundo para rotas domésticas’. A aeronave tem capacidade para até 146 passageiros e valor de mercado de aproximadamente US$ 66 milhões.
Com voo inaugural previsto para os próximos meses, o jato entrará em serviço em 2019. Ele pertencente à segunda geração dos novos jatos da Embraer, os E-Jets E2, cujo programa recebeu US$ 1,7 bilhão em investimentos desde 2013, quando foi lançado.
Diferenças. Entre as vantagens da nova aeronave, segundo a Embraer, estão custo 20% menor por viagem, custo por assento similar ao de modelos maiores, três fileiras a mais de cadeiras comparado ao E195, 800 quilômetros a mais de alcance, maior eficiência de combustível e capacidade de transportar 10% mais passageiros com o mesmo peso do avião concorrente direto --CS100, da Bombardier.
“O E195-E2 tem potencial de mudar significativamente o perfil de frota das companhias aéreas em todo o mundo”, afirmou John Slattery, presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Torna-se o avião ideal tanto para crescimento de empresas regionais como complementação de frota de empresas de baixo custo e de linhas principais”.
Companhias. No Brasil, a Gol Linhas Aéreas é a principal empresa a atuar no mercado de baixo custo. A companhia ainda não utiliza aviões da Embraer em sua frota, mas aeronaves da Boeing.
Também atuando nesse mercado, a Azul Linhas Aéreas utiliza modelos da Embraer e já comprou 30 unidades do novo E195-E2. O novo avião já conta com 90 unidades vendidas no mundo, valor que supera US$ 5,5 bilhões.
Tanto sucesso é creditado à eficiência que a fabricante conseguiu ao desenvolver a aeronave, contando com experiência de mais 17 milhões de horas voadas nos E-Jets atuais, com uma frota de mais 1.300 unidades. “O avião terá uma economia de até 24% de consumo e 20% nos custos de manutenção por assento quando comparado ao atual E195”, disse Luís Carlos Affonso, vice-presidente de Operações, Embraer Aviação Comercial.
“Parte dessa economia será atingida pela nova tecnologia de motores, mas o grande diferencial competitivo do [modelo] E195-E2 está na otimização da estrutura e dos seus vários sistemas”, completou.

 fonte/foto/OVale

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA