Pular para o conteúdo principal

MATERIAL EXPLOSIVO FECHA PARTE DO TERMINAL DE CARGAS DO AEROPORTO DE GUARULHOS


  • Encomenda suspeita foi identificada no galpão dos Correios em Cumbica
    Encomenda suspeita foi identificada no galpão dos Correios em Cumbica
Um material explosivo causou o fechamento de parte do terminal de cargas do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, nesta quarta-feira (15). Segundo a GRU Airport, que administra o aeroporto, os terminais de passageiros não foram afetados.

De acordo com a assessoria de imprensa do aeroporto, foi identificado cheiro de pólvora em uma encomenda suspeita no galpão dos Correios. A informação foi confirmada pela empresa.

"Os Correios informam que o caso está sob investigação dos órgãos de segurança pública competentes ao caso", disse a empresa, em nota, citando o GATE (Grupamento de Atuações Táticas Especiais), da Polícia Militar paulista, e a PF (Polícia Federal).

"Assim que houve a ocorrência envolvendo uma encomenda suspeita, às 2h30, o local foi isolado. Não houve dano à integridade física dos empregados, e a carga aérea foi escoada normalmente. Eventuais prejuízos estão sendo apurados".

Segundo a PF, os policiais do GATE visualizaram, com um aparelho de raio-x, "objetos suspeitos dentro da caixa, aparentemente eletrônicos, e uma massa sólida e outra líquida". Com base na descrição do GATE, o artefato apresentava um "cheiro forte de pólvora".
De acordo com o relato da Polícia Federal, a caixa foi explodida por voltas das 11h30. Após isso, "foi visualizado um líquido que exigiu a presença de outra equipe". Procurada pela UOL, a PM disse que a ocorrência ainda estava andamento às 14h15. 

O galpão dos Correios permanece fechado e a liberação depende das autoridades competentes, segundo a assessoria da empresa. No galpão, trabalham 220 pessoas: 160 no turno da noite e 60, no da manhã. Não houve expediente nesta quarta.

fonte/foto/BandNews/UOL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA