SAAB COMPRA MAIS 10% DAS AÇÕES DA AKAER

Futuro caça da FAB, Futuro caça da FAB, 'Gripen E' é apresentado na Suécia. Foto: Saab/Divulgação.

Parceira da Embraer no projeto do caça Gripen NG, a empresa sueca Saab adquiriu novas ações da brasileira Akaer, em São José dos Campos. Agora, os suecos detém 25% de participação companhia joseense.

A negociação foi concluída essa semana. As duas são parceiras desde 2008, quando a empresa brasileira foi contratada para desenvolver peças do caça Gripen, e a Saab já detinha 15% da Akaer desde 2012. Os valores não foram divulgados.

A Saab foi escolhida pelo governo federal para desenvolver, em conjunto com a Embraer, o novo modelo de caças que serão usadas pela FAB (Força Aérea Brasileira). O contrato é de US$ 5,4 bilhões, e prevê a entrega de 36 aviões entre 2019 e 2024.

“Nossa parceria com a Akaer é de longo prazo e, por meio do intercâmbio de conhecimento, queremos ampliar nossa cooperação. A parceria traz benefícios mútuos e nos permite dar mais um passo no programa de transferência de tecnologia e no desenvolvimento da indústria de defesa brasileira”, disse Ulf Nilsson, chefe da área de negócios de Aeronáutica na Saab.

Parceria. Além da produção dos caças, a parceria entre a Embraer e Saab instituiu também um programa de transferência de tecnologia entre Brasil e Suécia.  Em novembro, as duas empresas inauguraram o Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen, na unidade da empresa joseense que fica na cidade de Gavião Peixoto, na região de São Carlos.

Negociação. De acordo com a Akaer, o investimento da Saab vai permitir que a divisão de Espaço e Defesa da empresa Opto Eletrônica S.A. seja incorporada.
"O investimento faz parte da nossa estratégia de crescimento e diversificação, e está alinhado com os interesses de defesa nacionais”, disse Cesar Augusto T. Andrade e Silva, presidente e CEO da joseense Akaer.

fonte/foto/OVale

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas