sexta-feira, 16 de setembro de 2016

EMBRAER ANUNCIA FÉRIAS COLETIVAS PARA FUNCIONÁRIOS DAS FÁBRICAS NO BRASIL

A EMBRAER, fabricante de aeronaves com sede em São José dos Campos (SP), anunciou nesta sexta-feira (16) que vai conceder férias coletivas a partir de outubro para funcionários das fábricas no Brasil. O número de trabalhadores atingidos pela medida não foi informado pela empresa.

De acordo com a Embraer, a medida tem como objetivo adequar o ritmo da produção à desaceleração da demanda. As férias coletivas serão concedidas a funcionários de alguns setores, mas não haverá parada na produção de aeronaves.

A empresa informou ainda que as coletivas são uma antecipação das férias regulares dos empregados. Os funcionários afetados pela medida já foram informados pela companhia.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, as férias coletivas abrangem funcionários dos setores de aviação executiva e comercial. Em São José, o primeiro grupo a ser afatado será da aviação executiva - o período de dispensa será de quase 30 dias, de 24 de outubro a 22 de novembro. Já na comercial, o recesso será de 10 dias, sendo de 7 de novembro a 6 de dezembro.

"Somos contra a férias coletivas e também contra o PDV porque são ações decorrentes da transferência da linha de montagem para os Estados Unidos e também do suposto envolvimento da empresa com corrupção", disse Andre Luis Gonçalves, diretor do sindicato.

Redução de despesas
Desde o início de agosto, a Embraer vem adotando uma série de medidas para reduzir as despesas da companhia em cerca de US$ 200 milhões ao ano.

O anúncio das férias coletivas acontece um dia após a empresa informar que 1,4 mil funcionários aderiram a um Plano de Demissão Voluntária. Os desligamentos a partir do PDV serão feitos a partir do dia 1° de outubro.

O pacote previa além do pagamento rescisório aos demitidos, também indenização de 40% do salário nominal, sendo proporcional ao tempo de empresa; direito a seis meses de plano de saúde e odontológico e apoio em programas de palestras e workshops de qualificação.

Nas fábricas e subsidiárias, como a Eleb, que mantém no Brasil e no exterior, a Embraer tem atualmente cerca 19 mil empregados - sendo 13 mil em São José dos Campos. As fábricas no Brasil ficam, além de duas em São José, também em Taubaté, Sorocaba, Botucatu e Gavião Peixoto.

Crise
No último trimestre, a EMBRAER sofreu prejuízo de R$ 337,3 milhões, revertendo resultado positivo, de R$ 399,6 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. A companhia também cortou estimativas para entregas de aviões executivos e comerciais.

Com isso, a projeção de receitas líquidas neste ano teve queda para o intervalo de US$ 1,6 bilhão a US$ 1,75 bilhão ante previsão anterior de US$ 1,75 bilhão a US$ 1,9 bilhão. Nos últimos seis meses, o consumo de caixa da companhia foi de US$ 600 milhões.

fonte/G1

Nenhum comentário:

MÍSTERIO REVELADO - ANTOINE SAINT-EXUPÉRY...

Foi um segredo guardado durante 64 anos. Horst Rippert, piloto alemão da Luftwaffe, admitiu, aos 88 anos, ter abatido Antoine de St Exu...