Pular para o conteúdo principal

EMBRAER ENCERRA EMPRESA DE DRONES

Drone Falcão AVIBRAS 900px

A Embraer Defesa & Segurança Participações S. A. anunciou, em conjunto com a AEL Sistemas S. A. e a Avibras Divisão Aérea e Naval S .A., a sua decisão de encerrar as atividades da empresa Harpia Sistemas S. A., uma ‘joint-venture’ formada em setembro de 2011 com o objetivo de explorar o mercado de veículos aéreos não-tripulados, vulgarmente designados por drones. “A definição de dissolução da parceria se deu de forma amigável tendo em vista o atual cenário de restrição orçamentária”, refere o comunicado partilhado pela construtora aeronáutica brasileira.

“Devido ao fator estratégico do projeto para concepção de um Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) nacional, as empresas continuarão a desenvolver as tecnologias para atendimento futuro das demandas das Forças Armadas brasileiras e do mercado civil em um novo formato, podendo inclusive atuar em conjunto no futuro”, destaca adiante a nota de imprensa.

As empresas reconhecem que a preservação do conhecimento é fundamental para manter a capacidade tecnológica adquirida e, por isso, realocaram os profissionais da Harpia Sistemas em outros programas.
A Harpia tinha sido reconhecida oficialmente pelo Ministério da Defesa do Brasil como Empresa Estratégica de Defesa (EED). A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União no dia 9 de outubro de 2014. Estava criada para atuar no mercado dos veículos aéreos não-tripulados, simuladores e aviónicos.

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA