EMBRAER ENCERRA EMPRESA DE DRONES

Drone Falcão AVIBRAS 900px

A Embraer Defesa & Segurança Participações S. A. anunciou, em conjunto com a AEL Sistemas S. A. e a Avibras Divisão Aérea e Naval S .A., a sua decisão de encerrar as atividades da empresa Harpia Sistemas S. A., uma ‘joint-venture’ formada em setembro de 2011 com o objetivo de explorar o mercado de veículos aéreos não-tripulados, vulgarmente designados por drones. “A definição de dissolução da parceria se deu de forma amigável tendo em vista o atual cenário de restrição orçamentária”, refere o comunicado partilhado pela construtora aeronáutica brasileira.

“Devido ao fator estratégico do projeto para concepção de um Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) nacional, as empresas continuarão a desenvolver as tecnologias para atendimento futuro das demandas das Forças Armadas brasileiras e do mercado civil em um novo formato, podendo inclusive atuar em conjunto no futuro”, destaca adiante a nota de imprensa.

As empresas reconhecem que a preservação do conhecimento é fundamental para manter a capacidade tecnológica adquirida e, por isso, realocaram os profissionais da Harpia Sistemas em outros programas.
A Harpia tinha sido reconhecida oficialmente pelo Ministério da Defesa do Brasil como Empresa Estratégica de Defesa (EED). A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União no dia 9 de outubro de 2014. Estava criada para atuar no mercado dos veículos aéreos não-tripulados, simuladores e aviónicos.

fonte/foto/NewsAvia

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas