Pular para o conteúdo principal

MONOMOTOR CAI EM GOIÁS, 3 MORRERAM


Avião que caiu e matou 3 em Goiás estava apto para voo, diz Anac (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros) 
Avião que caiu e matou 3 em Goiás estava apto para voo, diz Anac (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que era regular a situação do avião monomotor que caiu neste domingo (6) em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. A queda ocorreu na mata fechada de uma fazenda e matou as três pessoas que estavam a bordo. As três vítimas já foram identificadas.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o certificado de aeronavegabildade, documento necessário para que a aeronave possa voar, venceria somente em agosto de 2016. Já a Inspeção Anual de Manutenção (IAM), que avalia as condições mecânicas do avião, era válida até outubro do ano que vem.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, na queda, morreram o piloto, Marcelo de Sá Pinheiro, de 45 anos, e os dois passageiros, Elton Ramos da Silva Cruz, de 19 anos, e Kayo Teles da Silva, de 20. Os corpos estavam presos às ferragens e foram retirados por volta das 20 horas.
Uma familiar de Marcelo, que não quis se identificar, informou ao G1 que ele deixa esposa e três filhos. "Estão todos muito abalados. É um momento muito difícil", disse.

O avião, prefixo PT – VNC, PA32, é privado, mas a Anac não informou o nome do proprietário. Ele saiu de Palmeiras de Goiás a 98 km de Goiânia com destino ao Aeroclube Nacional de Aviação de Goiás, na capital. A queda ocorreu por volta de 11h30.

Segundo a capitã dos bombeiros, Helaine Vieira Santos, foi complicado chegar até a aeronave. “O lugar onde a aeronave caiu é de difícil acesso, uma mata bem fechada. É possível perceber que ele veio quebrando as árvores mais altas até cair no chão”, disse ao G1.
Investigadores do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (SERIPA VI) só irão ao local para iniciar a perícia do avião na manhã de segunda-feira (7)
fonte/foto/G1

Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PTVNC
 
 
Proprietário:
MARCELO DE SA PINHEIRO
CPF/CGC:

Operador:
MARCELO DE SA PINHEIRO
CPF/CGC:

 
Fabricante:
NEIVA
Modelo:
EMB-720D
Número de Série:
720280
Tipo ICAO :
PA32
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1633 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
006


Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
13458
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
301013


Data de Validade do CA:
25/08/16
Data de Validade da IAM:
291016
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 07/12/2015 00:11:46

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA