SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL REALIZARÁ SEMINÁRIO SOBRE O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO DE VOO EM AERÓDROMO REMOTO

A SAC (Secretaria de Aviação Civil) realizará, nos dias 9 e 10 de julho, em Brasília, um workshop em parceria com o governo japonês, via Ministério dos Transportes (responsável pelo setor aéreo no Japão). O objetivo é viabilizar a troca de conhecimentos da tecnologia de AFIS Remoto (sigla em inglês para Serviço de Informação de Voo de Aeródromo Remoto).

Trata-se de uma estação de telecomunicações aeronáuticas que fornece informações para os pilotos a respeito da meteorologia, das condições de vento, das condições da pista, da temperatura e da pressão.

Mundialmente, estão sendo desenvolvidas tecnologias de operação de AFIS, ou seja, os operadores dos serviços estão fisicamente localizados em lugares diferentes dos aeroportos onde as aeronaves fazem seus pousos e decolagens.

O diretor do Departamento de Gestão e Planejamento de Navegação Aérea Civil da SAC, Rafael Botelho Faria, explica que os especialistas japoneses apresentarão a tecnologia do serviço remoto, relatando as dificuldades para a implantação do sistema, quantificando e qualificando os ganhos com esse tipo de operação.

“O Brasil possui clima, situações e infraestrutura diferentes do Japão, mas possuímos um dos maiores mercados de aviação do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Por isso, precisamos conhecer profundamente a tecnologia remota para adaptarmos às nossas condições e utilizarmos aqui”, avalia Rafael Botelho Faria.

Segundo ele, para a implantação desse sistema na rede de aeroportos regionais, previstos no PIL (Programa de Investimentos em Logística), existem alguns desafios a serem enfrentados, tais como: regulamentação e legislação aplicável sobre o assunto, atribuições, competências e evolução da tecnologia.

A SAC já possui acordos bilaterais com os Estados Unidos, França, Holanda, Espanha e Canadá em diferentes áreas da aviação civil.
 
fonte/Secretaria de Aviação Civil

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas