Pular para o conteúdo principal

GREVE DOS CONTROLADORES AÉREOS FRANCESES CANCELAM 40% DOS VOOS

A autoridade francesa da aviação civil ‘solicitou’ às companhias aéreas que anulem preventivamente 40% dos seus voos de/para aeroportos do país programados para HOJE, quarta-feira, dia 8 de Abril, devido à greve convocada pelo maior sindicato de controladores aéreos (SNCTA).

A informação da Direção Geral de Aviação Civil de França (DGAC) reproduzida pela imprensa francesa começa por assinalar que poderão ocorrer “perturbações” a nível nacional devido à greve, acrescentando que nesse sentido solicitou às companhias a redução em 40% do seu programa de voos e que apela para os passageiros se informarem antecipadamente junto das companhias aéreas.

A DGAC acrescenta que ao fim da manhã de quarta-feira avançará com a expectativa do impacto da greve para a quinta-feira, segundo dia do primeiro de três períodos de greve anunciados pelo SNCTA.
No total o Sindicato Nacional dos Controladores de Tráfego Aéreo (SNCTA) marcou nove dias de greve, além desta quarta e quinta-feira, também nos dias 16 a 18, e, depois, de 29 de Abril a 2 de Maio.

O sindicato tinha inicialmente convocado greve para 24 de Março, mas suspendeu a ação na sequência do acidente aéreo com um A320 da Germanwings nos Alpes Franceses em que pereceram 150 passageiros e tripulantes.

A imprensa especializada francesa noticia que na sequência da suspensão da greve ocorreram negociações entre o SNCTA e a autoridade aeronáutica francesa que, no entanto, não conduziram a resultados satisfatórios na óptica do sindicato.

O sindicato contesta “a obstinação” das autoridades aeronáuticas franceses em não lhe concederem margem de negociação e diálogo, designadamente em matéria de abordagem das “mutações necessárias e desejáveis” para a sua atividade.

O sindicato diz que essa atitude conduziu o controlo de tráfego aéreo em França a um “déficit tecnológico sem igual na Europa”.

fonte/NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA