FERNANDO PINTO PERDE ESPERANÇAS E DÁ POR ENCERRADAS NEGOCIAÇÕES COM O SPAC

Fernando Pinto, presidente executivo da TAP, deu nesta segunda-feira, dia 27 de Abril, por encerradas as negociações com o Sindicato dos Pilotos (SPAC) para a desconvocação da greve que marcaram para os dias 1 a 10 de Maio, quando ainda na sexta-feira, após audiência com o Presidente da República tinha afirmado que a paralisação ainda poderia ser desconvocada.
Em conferência de imprensa de última hora na sede da companhia aérea, Fernando Pinto, anunciou à imprensa que considera finalizado o processo de conversações com o SPAC, porque a posição do sindicato foi de não recuar com a paralisação.
Fernando Pinto anunciou também que a preocupação da companhia vai centrar-se exclusivamente em minorar o impacto para os clientes e avançou ter a perspectiva de que haja pilotos que vão fazer voos não obrigatórios pelos serviços mínimos.
Sobre o que se passou para caírem por terra as expectativas que deixara na sexta-feira, Fernando Pinto disse que nessas conversações houve a tentativa de “explorar outros pontos, aconteceram propostas extremamente interessantes, houve um grande empenho da empresa”.
“Confesso que tive esperança ao longo do processo” acrescentou, admitindo que essa esperança “durou até à meia-noite de sexta-feira”, face à decisão do SPAC de que “não iam voltar atrás com a greve”.
fonte/NewsAvia

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas