Pular para o conteúdo principal

CAPITAL DO AVIÃO SEM AVIÃO - AZUL CANCELA SEUS VOOS NO AEROPORTO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS


O movimento de passageiros teve queda de 50% de janeiro a agosto. Foto: Marcelo Caltabiano O movimento de passageiros teve queda de 50% de janeiro a agosto. Foto: Marcelo Caltabiano
Única empresa a ter voos comerciais no terminal, companhia suspende operação local em novembro; medida ocorre 11 dias após governo ter inaugurado expansão da unidade 

Onze dias após a inauguração da reforma e expansão do Aeroporto de São José dos Campos, a companhia aérea Azul anunciou nesta quarta-feira que encerrará os seus voos no terminal a partir do dia 13 de novembro.
A companhia, a única que mantém voos comerciais na cidade, alega baixa demanda de passageiros em São José dos Campos.
“A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que encerrará suas operações em São José dos Campos a partir de 13 de novembro. A companhia, que está presente no aeroporto desde outubro de 2010, optou por fechar a base devido ao baixo movimento”, informou a companhia em nota. A empresa informou que os seus clientes da região poderão ser atendidos pela empresa em Guarulhos.
De acordo com a companhia, os seus clientes que compraram bilhetes para depois de 14 de novembro poderão ter o reembolso integral ou serem reacomodados em Guarulhos.
Baixa. Dados da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), gestora do aeroporto, mostram que o movimento de passageiros domésticos no terminal teve uma queda de 50% de janeiro a agosto deste ano ante o mesmo período de 2013.
O movimento de passageiros domésticos este ano foi de 60.704 ante 121.657 registrado no ano passado.
A Azul opera três voos diários de São José para o Rio de Janeiro e vice-versa.
Na semana passada, o terminal foi apontado como o de maior potencial de investimento entre os aeroportos regionais do país pela consultoria Urban Systems.
Investimento. A Infraero investiu R$ 16,6 milhões na expansão do terminal, que teve a sua capacidade triplicada. Antes era de 190 mil passageiros por ano.
A inauguração da expansão, no dia 13 de setembro, teve a participação dos ministros da Aviação Civil, Moreira Franco, e da Casa Civil, Aloizio Mercadante.

Surpresa. O presidente da ACI (Associação Comercial e Industrial), Felipe Cury, e o diretor regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) em São José, Almir Fernandes, ficaram surpresos com a decisão da Azul.
“Estou estarrecido. Se a Azul não tem capacidade para atender a demanda da região, é melhor sair mesmo”, disse Felipe Cury.
“É estranho falar que não tem demanda. Os voos da Azul estão sempre lotados. Não sei o que ela está querendo”, afirmou Almir Fernandes.
Para Cláudio Jorge Pinto, professor do ITA, com a ampliação, a cidade entrará na rota das empresas regionais.
“Se o Brasil voltar a crescer, a demanda potencial se concretiza e as companhias aéreas voltarão a ter interesse”.

Saiba mais
Operação
A companhia aérea Azul anunciou que irá encerrar as suas atividades no Aeroporto de São José dos Campos no próximo dia 13 de novembro

Demanda
A empresa alega baixa demanda de passageiros

Período
A Azul começou a operar no terminal em 2010

Ampliação
A Infraero, gestora do aeroporto, investiu R$ 16,6 milhões na ampliação do terminal, que teve sua capacidade triplicada

Surpresa
Decisão surpreendeu a cidade




Prefeitura avalia medidas para reverter a situação

São José dos Campos

A Infraero informou, em nota, que não havia sido comunicada oficialmente da decisão da Azul.
“Entendemos que a suspensão das atividades da Azul deva ser temporária e ocorre justamente com o objetivo de deslocar as aeronaves para as rotas mais demandadas na alta temporada. É evidente que essa situação não agrada a Infraero. Entretanto, ela se deve à baixa demanda no Aeroporto de São José nesse momento”, disse na nota.
Segundo a Infraero, a região tem potenciais atrativos, mas que não se consolidaram. “Essa consolidação deve ocorrer no próximo ano, ainda mais que a ampliação do terminal pode motivar o aquecimento do mercado da aviação civil”.

Avaliação. A prefeitura informou que não foi comunicada.
“A Secretaria de Desenvolvimento Econômico não foi comunicada oficialmente do cancelamento das operações da Azul no Aeroporto de São José. A prefeitura está entrando em contato com representantes da empresa, da Infraero e da Secretaria de Aviação Civil para avaliar as medidas que podem ser tomadas”.


fonte/Ovale

Comentários

CAP disse…
A passagem em sjc é tão cara que compensa comprar passagem em guarulhos que fica a 40min de SJC.

talvez se o preço fosse mais em conta, teria mais clientes.

falo isso como cliente
CAP disse…
A passagem em sjc é tão cara que compensa comprar passagem em guarulhos que fica a 40min de SJC.

talvez se o preço fosse mais em conta, teria mais clientes.

falo isso como cliente
Roberto Fantinel disse…
Obrigado pela visita.em 2013 comprei várias passagens para o Rio com valor entre 69 e 109 reais, agora. Em 2014 impossível..preço nas alturas. Concordo 100%.
Azul reclamava que não expandia mais rotas devido ao espaço do aeroporto, agora ..tiram os voos. Puta sacanagem...só baixar os preços...
Agora a Sampaio agradece..rs
tomei disse…
Que trapalhada! 17 milhões investidos, vôos sempre lotados, preço dobrado em 1 ano e sem interesse comercial. E olha que a cidade tem professores em Infraestrura aeroportuária e de marketing aeronáutico...Azul e Infraero , perguntem para o ITA e para a FGV, eles sabem como fazer!

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA