PILOTO DA ETHIOPIAN AIRLINES DECOLA BOEING 767 DE PISTA DE MONOMOTOR




No final do ano passado, um pouquinho antes do Natal, um Piloto da Ethiopian Airlines confundiu as instruções da torre e pousou um Boeing 767 com 200 passageiros no aeroporto errado, com uma pista de apenas 1.600 metros, indo parar na grama.

image
Era para pousar na pista 27 do aeroporto internacional de Kilimanjaro e o piloto acabou pousando na pista 27 do pequenino aeroporto de Arusha, que fica apenas 50km distante e que opera o tráfego de pequenos aviões monomotores que funcionam como táxi-aéreos.

Os passageiros, depois do susto, ficaram 3 horas e meia dentro do avião porque o único jeito de descer era com uma escada que precisou vir do aeroporto de Kilimanjaro.

image
A notícia começou a se espalhar rapidamente e, para evitar maoires danos a imagem de sua marca, a Ethiopian Airlines resolveu sumir com as evidências, ou melhor, DECOLAR com sem a evidência. 

Sim! Por incrível que pareça, o piloto (macho pacas), manobrou o 767 em 180 graus na grama mesmo, puxou o freio de mão e acelerou até onde o freio aguentou, para em seguida acelerar com tudo e rezar para decolar em uma pista que tem Muito menos que o mínimo exigido para se decolar com uma aeronave desse porte.

 Para você ter uma ideia, a pista do Aeroporto Campo de Marte tem o mesmo comprimento, 1600 metros. O cara decolaria um Boeing 767 do Campo de Marte.

Bom, a física e a matemática são relativamente confiáveis e imagino que esse piloto tenha feito seus cálculos. Mas tenho certeza que ele deve ter andado até o final da pista para dar uma espiada no terreno just in case.

fonte/foto/UpDateOrDie/ASN
Enhanced by Zemanta

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas