Pular para o conteúdo principal

"CONDIÇÕES INSEGURAS"ATRASAM E CANCELAM VOOS DA TAM EM BELÉM


O acúmulo de água sobre a pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Belém tem feito com que, nos últimos dias, diversos voos da TAM tenham sido atrasados e cancelados. No entanto, na contramão da explicação da empresa, os clientes prejudicados vêm protestando contra e causando tumulto em indignação com a situação. 

Segundo nota da TAM, a razão para as complicações no cumprimento da grade de voos é o "caso de acúmulo de lâminas d’água ou pista severamente molhada" em Belém, o que fez com que, desde a última quarta-feira, "alguns voos com origem ou destino nesse aeroporto (tenham sido) impactados". A nota acrescenta que a prioridade da empresa é garantir a segurança dos passageiros, razão pela qual novos voos poderão vir a ser cancelados ou alternados para outros aeroportos nos próximos dias.

Segundo mostrou o Jornal Nacional, passageiros da companhia protestaram na última sexta-feira em virtude dos atrasos e cancelamentos, muitos dos quais sem saber o que estava acontecendo. De acordo com a Infraero, não há distúrbios similares sendo verificados nas outras companhias em Belém. Ainda não foi divulgado o número total de atrasos e cancelamentos durante o período em questão.

Confira, abaixo, a nota da TAM sobre a situação de seus voos em Belém, atualizada na noite deste sábado:


"A TAM Linhas Aéreas informa que, após uma análise minuciosa das condições de decolagem e aterrissagem no Aeroporto Internacional de Belém, a companhia decidiu não operar no local em caso de acúmulo de lâminas d’água ou pista severamente molhada, já que sua prioridade é prestar um transporte seguro aos seus passageiros. Por isso, desde a última quarta-feira (8), alguns voos com origem ou destino nesse aeroporto foram impactados.

Caso a pista do aeroporto de Belém continue apresentando condições inseguras para pouso e decolagem, de acordo com os critérios de segurança da empresa, novos voos poderão ser cancelados ou alternados para outros aeroportos.  Importante que o clientes procurem informações junto à empresa antes do embarque do seu voo. 

Os passageiros impactados estão recebendo toda a assistência necessária. A empresa lamenta os transtornos causados aos clientes e esclarece que isentará da cobrança de taxa de remarcação ou diferença de tarifa, no prazo de 30 dias a partir da data do voo, os passageiros afetados.
A TAM reitera que a segurança de voo é um valor imprescindível e todas suas ações visam garantir uma operação segura."

fonte/Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA