Pular para o conteúdo principal

APÓS 12 HORAS, PISTA DO AEROPORTO SANTOS DUMONT É REABERTA NO RIO

Após 12 horas, a pista principal do aeroporto Santos Dumont, na zona sul do Rio de Janeiro, foi reaberta para pousos e decolagens na tarde desta quinta-feira. Ela permaneceu fechada das 2h30 às 14h32, devido ao vazamento de óleo de um caminhão que fazia a limpeza da pista. 


De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), dos 92 voos previstos para deixar o aeroporto das 0h às 15h, 21 (22,8%) sofreram atrasos superiores a 30 minutos e outros 21 (22,8%) foram cancelados. Seis voos que deveriam pousar no aeroporto durante o fechamento da pista principal foram desviados para o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão).


Um vazamento de óleo ocorrido na madrugada desta quinta-feira provocou o fechamento da pista principal do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O combustível vazou de um caminhão que fazia a limpeza da pista. As operações de pousos e decolagens no terminal passaram a ser feitas na pista auxiliar, paralela à principal, para todas as companhias aéreas exceto a Gol, cujos voos foram remanejados ao Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão). 

Pelo menos sete voos foram cancelados - quatro de chegada e três de partida. Segundo a Infraero, a quantidade de óleo derramado foi grande, e o trabalho de limpeza da pista só deve ser concluído no final desta manhã.  O movimento de passageiros no saguão de embarque do Santos Dumont é grande, mas não há registro de tumultos.

fonte/AgBrasil/Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA