Pular para o conteúdo principal

PASSAGENS AÉREAS DE ÚLTIMA HORA PARA O CARNAVAL CUSTA ATÉ SEIS VEZES MAIS

 Quem deixou para comprar passagens aéreas para o feriado de Carnaval na última hora se deu mal.

Os bilhetes para os principais destinos chegam a custar seis vezes mais do que em dias sem feriado, resultado da grande procura nesta época do ano e, principalmente, da falta de assentos ainda disponíveis para venda. 

Um voo da TAM entre os aeroportos de Congonhas e Florianópolis com ida amanhã e volta na quarta sai a R$ 2.389 em sites de reservas. Depois do Carnaval, o preço cai para R$ 381, sem taxas.
O fenômeno ocorre em todas as companhias aéreas. Na Gol, por exemplo, o trecho Congonhas-Salvador durante o Carnaval custa R$ 4.550; fora do feriado, R$ 994. 

A ponte aérea São Paulo-Rio é vendida a R$ 1.558 na Avianca, ante R$ 460 se o voo fosse na semana que vem, depois do feriado. 

Segundo TAM e Gol, consegue preços mais em conta quem se programa com ao menos três meses de antecedência. Não é o único fator: passagens fora de temporada e feriado (ou em dias de semana, ou à tarde) custam menos, afirmam. A Avianca não comentou. 

"Quando a demanda está baixa, a companhia aérea abaixa o preço. Quando está alta, como agora no Carnaval, aumenta. É assim em todo o mundo", diz Leonardo Marques, 33, fundador do site Melhores Destinos (www.melhoresdestinos.com.br ), que pesquisa preços mais baixos e bilhetes em promoção.
Ofertas em cima da hora, diz, só em horários e trechos menos atrativos. 

fonte/folhaSP

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA