Pular para o conteúdo principal

CAÇA F-35 PODE EXPLODIR SE FOR ATINGIDO POR RAIO

Adicionar legenda
Um relatório do Departamento de Defesa dos Estados Unidos afirma que o tanque de combustível do caça F-35, da fabricante Lockheed Martin, pode explodir se for atingido por um raio. A divulgação dessa falha é um grande revés para o projeto do jato considerado o mais sofisticado e caro do mundo. O avião está em fase de testes e deve substituir os tradicionais F-22 da Força Aérea americana, além de constituir a nova geração de aeronaves de combate dos governos de outros países, como Reino Unido, Itália e Israel. As informações são do jornal The Telegraph.

O documento do Pentágono também revelou que as tentativas de aumentar a eficiência de combustível, reduzindo o peso, também tornaram o jato mais vulneráveis ​​a um ataque inimigo do que a geração de aeronaves que ele deveria substituir. Com a descoberta, o F-35, também conhecido como Lightning II, foi proibido de voar em tempestades durante a fase de testes. O problema estaria em um dispositivo do tanque de combustível, que regular os níveis de oxigênio, que precisará ser redesenhado.

No entanto, esse é apenas um de uma série de problemas verificados pelo Pentágono no programa F-35. Uma falha de design do tanque de combustível também impede o jato de descer rapidamente para baixas altitudes. O relatório do Pentágono descreve ambos os fracassos como "inaceitável para o combate ou treinamento de combate".

A Lockheed Martin, fabricante da aeronave, também descobriu uma série de rachaduras nas aeronaves testadas. "Todas essas descobertas vão exigir planos de mitigação e podem incluir peças redesenho e peso adicional", acrescenta o relatório.

Em tese, o F-35 deverá ser capaz de voar para o espaço aéreo do inimigo, atacá-lo e retornar com segurança, sem ser detectado pelos radares. Mas o F-35 tem sido marcado por críticas desde sua criação, na década de 1990. Nos Estados Unidos, o projeto ganhou notoriedade por ser o mais caro já realizado pelo Pentágono. As estimativas sugerem que o custo total da compra, operação e manutenção dos aviões nos próximos 30 anos será US$ 1 trilhão.

fonte/AFP/Terra/Foto/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA