Pular para o conteúdo principal

NOTAS AÉREAS

Aeroporto de Salvador terá lanchonete popular

A Infraero publicou ontem (terça-feira, dia 16), no Diário Oficial da União, o edital de licitação para instalação de lanchonete com preços controlados no Aeroporto Internacional de Salvador/Luís Eduardo Magalhães. A abertura da licitação, que será realizada na modalidade de pregão presencial, está agendada para o próximo dia 26.

Em Salvador, a lanchonete popular terá 25 m², ficará no 1º piso do terminal de passageiros e terá 15 produtos tabelados com preço máximo definido pela Infraero por meio de pesquisas de preço no mercado local. 
 

Governo federal construirá sete aeroportos no Amazonas


O governo federal vai construir sete aeroportos e reformar 18 terminais de pequeno porte no Amazonas. A informação é do governador do Estado, Omar Aziz, que esteve ontem (terça-feira, dia 16) com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília. As obras farão parte de um pacote para aviação regional previsto para ser anunciado em novembro e que terá repasse de recursos a fundo perdido, segundo Aziz.

Os sete novos aeroportos amazonenses serão construídos nos municípios de Jutaí, Maraã, Amaturá, Uarini, Pauini, Nova Olinda do Norte e Codajás. Cada obra deverá custar entre R$ 22 milhões e R$ 25 milhões, segundo estimativas do governo estadual. Os aeroportos serão de pequeno porte, com pistas de 1,4 mil metros.

Segundo o governador, os equipamentos são necessários para agilizar serviços à população de municípios isolados. “Quem conhece nossa região sabe a importância de se ter um aeroporto. Muitas vezes, uma pessoa com uma doença ou vítima de acidente grave leva de 15 dias a 20 dias de barco para chegar a uma cidade em que possa ter um bom atendimento. Com um aeroporto, isso muda”, comparou. 
 
 

Azul e Trip definem endereço da sede da nova aérea

A Azul e a Trip definiram o local da sede da empresa resultante da fusão entre ambas, em processo que ainda aguarda aprovação das autoridades governamentais. A companhia ocupará três andares do edifício Castello Branco Office Park, em Barueri (SP), localizado na avenida Castello Branco, próximo ao Shopping Tamboré, a partir de dezembro desse ano. Para lá irão as áreas administrativas e de operações, espalhadas hoje em instalações das duas companhias situadas em Alphaville, Barueri e Campinas.

Outra decisão tomada foi a localização da universidade corporativa das empresas, a UniAzul: ela ficará em Campinas, em um prédio que está sendo construído especialmente para o treinamento de pilotos, comissários, técnicos de manutenção e aeroportos das companhias. A previsão do término das obras e funcionamento do local é maio de 2013. Para lá irão as áreas de treinamento que hoje estão em Alphaville e em Campinas, na sede da Trip.

“Foi uma decisão que tomamos com muito cuidado, levando em consideração vários fatores estratégicos, visando o melhor para a companhia que está se formando. Ao unirmos as equipes fisicamente, ficaremos mais fortes e preparados para atuar em um cenário extremamente competitivo, que é o do transporte aéreo”, explica o presidente da Azul e do Conselho de Administração da Azul Trip S.A, David Neeleman.

“Quanto mais cedo pensarmos como uma única companhia e uma única cultura, mais chances teremos de criar uma empresa que se perpetue no tempo e esteja entre as melhores companhias aéreas do mundo. Este é um avanço natural em nosso processo de integração, que nos traz ótimas perspectivas”, completa o presidente da Trip, José Mario Caprioli.
 
fonte/PanRotas
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…