Pular para o conteúdo principal

SINDICATO MANTÉM GREVE NO AEROPROTO DE FRANKFURT ATÉ SEXTA-FEIRA


FRANKFURT - O sindicato trabalhista alemão GdF afirmou nesta terça-feira que continuará em greve até a noite de sexta-feira, em meio a uma disputa trabalhista por melhores salários e condições. 

A operadora aeroportuária Fraport informou que serão cancelados 187 dos 1.200 voos programados nesta terça-feira, após informar que 80% dos voos operaram na segunda-feira, com 240 cancelamentos. A Fraport também informou que as greves custaram à companhia 3,5 milhões de euros a 4 milhões de euros em vendas na quinta-feira e na sexta-feira da semana passada.

A Fraport informou que estava preparada para as greves e havia encontrado pessoas para repor os grevistas em suas funções.

Na terça-feira, um porta-voz da maior companhia aérea alemã, Deutsche Lufthansa, a empresa mais afetada pela paralisação, confirmou que era preciso cancelar apenas 160 voos nesta terça-feira, menos que o anteriormente previsto, e menos que os 200 voos cancelados na segunda-feira. A porta-voz da Lufthansa disse na segunda-feira que os cancelamentos afetavam apenas voos dentro da Europa, mas ela não quis comentar o custo da greve. Na sexta-feira, a Lufthansa cancelou 232 voos.

O sindicato GdF representa cerca de 200 empregados da Fraport no centro de operação de tráfego aéreo. Um porta-voz do sindicato repetiu nesta terça-feira que a GDF tem estrutura financeira para manter as greves. As informações são da Dow Jones. 

fonte/AgEstado/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA