terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

AERONAVE QUE SE ACIDENTOU EM SANTA CATARINA FAZIA MANOBRAS DE TREINAMENTO


O monomotor envolvido no acidente que ocorreu na segunda-feira, no Aeroclube de Santa Catarina, em São José, na Grande Florianópolis, fazia manobras de treinamento. A tripulação exercitava a técnica de arremeter a aeronave, quando, em determinado momento, bateu no chão. O monomotor se perdeu e foi em direção ao mato, onde parte da asa colidiu contra uma árvore.

Na aviação, o procedimento de arremetimento é utilizado durante o pouso. Se o piloto detectar algum obstáculo na pista, ainda no ar, o comandante cancela o pouso e faz a aeronave subir novamente. Foi após um exercício desses que a aeronave bateu, deixando duas pessoas feridas, sem gravidade, por volta das 18h.

De acordo com as informações preliminares obtidas pela equipe de reportagem no local, o instrutor Mateus Lozoti e o aluno Carlson Frany estavam na aeronave modelo Paulistinha P56R.

As vítimas foram socorridas pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel (Samu). O instrutor, que tem mais de 500 horas de voo, recebeu os primeiros socorros no local, foi encaminhado ao Hospital Regional de São José, onde ficou em observação. O aluno foi atendido no local e liberado. Carlson tem aproximadamente 30 horas de voo.

O presidente do aeroclube, Cézar Olsen, disse que não estava no local na hora do acidente, mas confirmou que ninguém se feriu gravemente. As circunstâncias do acidente serão investigadas pelo Centro Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Cenipa). Uma perícia será feita nesta terça-feira, às 8h, pelo tenente-coronel do Cenipa, Marcos Santos da Silva.

fonte/foto/ClicRBS-SC

Nenhum comentário:

EM HOMENAGEM AOS 48 ANOS DA EMBRAER, PILOTOS FAZEM VOO COM TRAÇADO EM FORMA DO LOGOTIPO DA EMPRESA NOS EUA

No aniversário de 48 anos da Embraer, pilotos que faziam um voo teste nos Estados Unidos fizeram uma homenagem traçando no céu a logom...