Pular para o conteúdo principal

BRASIL COMPRA 250 TANQUES LEOPARD 1A5


BRASIL COMPRA CARROS DE COMBATE PARA FRONTERAS

Fonte: ANSA

O Exército brasileiro adquiriu carros blindados Lepard 1A5, a um custo de 500 mil dólares cada unidade, destinados principalmente ao controle das fronteiras, e assim reforçar a sua defesa em eventuais ataques externos.

Os 250 tanques são usados, de 42 toneladas e canhão com alcance de 4 km, as primeiras unidades deverão chegar dentro de 3 meses.

As negociações com a Alemanha começaram em 2006.

http://www.defenseindustrydaily.com/images/LAND_Leopard_1A5_Greece_lg.jpg

"O Leopard 1 A5 será a espinha dorsal do Exército Brasileiro, esse veículo dará uma nova dimensão as unidades de combate.

O exército conta atualmente com carros de combate Leopard 1 A1, de 40 toneladas, que terão novas funções quando da chegada das novos A5.

As fronteiras terrestres e fluviais do Brasil se extendem por cerca de 16.000 kms. Os primeiros blindados serão enviados a Santa Maria no Rio Grande do Sul.

fonte: ANSA

Comentários

Zos disse…
O BRASIL deve mesmo abrir os olhos com a corrida externa que está acontecendo aí fora.
Alguma coisa estranha está acontecendo.
Acho que deveríamos reativar a ENGESA e fabricar a todo vapor nossos urutus e cascavéis com tecnologia de ponta.
Temos Brasileiros inteligentíssimos nessa área.
Dentre outras.

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…