quarta-feira, 4 de maio de 2016

CIRRUS LANÇA MODELO ESPECIALMENTE PARA O BRASIL

Cirrus-Potenza-Brasil-feat

O segundo maior evento de aviação geral do mundo, Sun and Fun 2016, que decorreu no  mês passado em Lakeland – Florida,  serviu de palco para o lançamento do CIRRUS SR22T POTENZA, que a Plane Aviation venderá no Brasil.

Num evento privado a Cirrus, construtora americana, ofereceu um “happy hour” a amigos e clientes, onde Dale Klapmeier, Presidente da empresa, fez a apresentação e o lançamento deste exclusivo modelo.
Essa aeronave destinada especificamente ao mercado brasileiro será fabricada em edição limitada. Isto porque Somente 5 clientes VIP serão proprietários do CIRRUS SR22T POTENZA.

O CIRRUS POTENZA será oferecido somente na versão “ TURBO” e virá com todos os equipamentos opcionais de fábrica instalados além da garantia estendida para 3 anos, fones Bose, kit de conforto e conveniência, kit de sobrevivência na terra e no mar e um equipamento de localização de emergência pessoal.

Cirrus-Potenza-Brasil-corpo

Este novo modelo tem proteção total anti-gelo e ar condicionado, novas travas nas portas, controle remoto para destravamento das portas à distância e acendimento automático das luzes internas e externas. Outra novidade é a conectividade Bluetooth em toda a cabine. O piloto pode transferir o plano de voo de seu telefone ou tablet diretamente para o painel de aviônicos e receber informações de meteorologia e GPS de volta em seus equipamentos portáteis.

O POTENZA, equipado com um motor Continental turbo – alimentado de 315 hps, poderá voar numa altitude de até 25.000 pés a uma velocidade de cruzeiro de 390 km/hora com um consumo de combustível de apenas 57 litros/hora.

O departamento de design da Cirrus trabalhou cuidadosamente nos detalhes do exterior e interior do POTENZA, deixando-o com uma aparência sofisticada e arrojada.
Estes 5 clientes muito especiais da Cirrus, poderão ainda escolher as cores e tons dos acabamentos do POTENZA.

A Cirrus programou fazer um tour com o POTENZA pelo Brasil no final do mês de Maio onde irá oferecer a clientes previamente selecionados a experiência de voar nesta aeronave que foi desenvolvida especialmente para o mercado brasileiro.

Para descarregar a apresentação e folha técnica do Cirrus POTENZA CLIQUE AQUI

fonte/foto/NewsAvia

terça-feira, 3 de maio de 2016

BOEING DA THY TURKISH AIRLINES SAI DA PISTA EM KOSOVO (02.05.2016)


Um Boeing 737-800 da Turkish Airlines, TC-JFY, realizando o voo TK-1019, de Istanbul (Turquia) para Pristina (Kosovo) com 143 passageiros e 8 tripulantes, sai da pista 35 após pouso.

A companhia informou que não houve feridos e a aeronave sofreu pequenos danos.

NOTAM:
A0192/16 - RUNWAY CLOSED FOR THE NEXT 1 HOUR DUE TO EMERGENCY IN PROGRESS. 02 MAY 22:20 2016 UNTIL 02 MAY 23:20 2016. CREATED: 02 MAY 22:20 2016

Metars:
BKPR 021900Z 13008KT 9999 -RA SCT015 BKN040 10/08 Q1007 NOSIG
BKPR 021830Z 12011KT 6000 -RA BKN012 OVC025 10/08 Q1006 RERA TEMPO 3500 RA
BKPR 021800Z 13009KT 5000 RA BKN012 OVC025 11/08 Q1006 NOSIG
BKPR 021730Z 08009KT 4000 RA BKN010 OVC025 12/09 Q1006 NOSIG
BKPR 021700Z 02009KT 8000 -RA SCT010 BKN025 11/09 Q1006 NOSIG
BKPR 021630Z 04011KT 9999 -RA SCT012 BKN030 12/09 Q1006 NOSIG
BKPR 021600Z 09011KT 7000 -RA SCT015 BKN030 13/09 Q1006 NOSIG
BKPR 021530Z 09012KT 9999 -RA SCT030 BKN050 14/08 Q1007 NOSIG
BKPR 021500Z 09011KT 9999 BKN035 14/08 Q1007 NOSIG
BKPR 021430Z 09012KT 9999 BKN035 15/08 Q1007 NOSIG
BKPR 021400Z 11017KT 9999 BKN035 15/08 Q1008 NOSIG 



fonte/foto/AvHerald

segunda-feira, 2 de maio de 2016

HELICÓPTERO ROBINSON R22 CAI EM CUBATÃO, DOIS MORTOS



Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)Partes da aeronave foram encontradas em Cubatão (Foto: G1)
Um helicóptero caiu em uma região de mata localizada na cidade de Cubatão (SP) no começo da tarde desta segunda-feira (2). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos duas pessoas morreram no acidente. Os corpos das vítimas ficaram carbonizados, mas foram identificados por causa do prefixo da aeronave.

De acordo com informações apuradas pelo G1 com a Força Aérea Brasileira (FAB), o avião decolou às 11h20 do Campo de Marte, em São Paulo. O voo era particular, não de instrução, e a família de uma das vítimas já foi comunicada do acidente. Os nomes dos ocupantes da aeronave ainda não foram divulgados porque familiares da outra vítima ainda não foram localizados.

Equipes chegam em local de queda de aeronave (Foto: Rodrigo Nardelli/TV Tribuna) 
Equipes entram na região de mata para fazer o
resgate  (Foto: Rodrigo Nardelli/TV Tribuna)

Segundo informações de testemunhas e dos bombeiros, o helicóptero voava baixo e, antes de cair, atingiu a rede elétrica do local. Os bombeiros acreditam que o piloto não tenha visto a fiação elétrica por causa do sol. A aeronave acabou explodindo assim que tocou o solo.

A aeronave caiu em uma região de mata do bairro Mantiqueira, em CUBATÃO. O acidente aconteceu por volta das 12h, próximo ao km 260 da rodovia Cônego Domênico Rangoni.

Segundo informações dos bombeiros, o helicóptero é de modelo 'Robinson 22', MATRÍCULA PR-RCA e saiu da Escola de Aviação do Campo de Marte, em São Paulo. Duas pessoas sobrevoavam a serra do mar e estava retornando para São Paulo no momento do acidente.

Equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, e da Defesa Civil de Cubatão foram até o local para prestar atendimento a ocorrência.

Pedaço de helicóptero ficou preso na fiação (Foto: João Paulo de Castro/G1)Pedaço de helicóptero ficou preso na fiação do local (Foto: João Paulo de Castro/G1)


Acidente aconteceu no começo da tarde desta segunda-feira (2) (Foto: João Paulo de Castro/G1)Equipes entram na mata para retirar os corpos das vítimas (Foto: João Paulo de Castro/G1)
 fonte/foto/G1

DADOS DA AERONAVE VIA RAB

MATRÍCULA: PRRCA
Proprietário:
AMAURI GINEZ DANTAS
CPF/CGC:

Operador:
AGD AVIATION ESCOLA DE AVIAC.CIVIL LT-ME
CPF/CGC:

Fabricante:
ROBINSON HELICOPTER
Modelo:
R22 BETA
Número de Série:
3176
Tipo ICAO :
R22
Tipo de Habilitação para Pilotos:
HMNC
Classe da Aeronave:
HELICOPTERO 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
621 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
001


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
15591
Situação no RAB:
COMODATO
Data da Compra/Transferência:
081209


Data de Validade do CA:
10/04/21
Data de Validade da IAM:
140417
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 02/05/2016 14:35:55

GREVE NO "HANDLING" MARACADA PARA DIA 4 VAI AFETAR AEROPORTOS EM PORTUGAL



Greve no 'handling' marcada para dia 4 vai afectar aeroportos nacionais
O SITAVA - Sindicato dos Trabalhadores e da Aviação, marcou para o próximo dia 4 várias acções de contestação ao processo de despedimentos coletivos que a Portway, empresa do grupo ANA, decidiu accionar há mais de um mês a 256 trabalhadores.

Segundo um comunicado do SITAVA, será cumprida uma greve dos trabalhadores da Portway entre as cinco horas e as 17 horas do próximo dia 4 de Maio.

Também para a Groundforce/SPdH está marcada uma greve para o mesmo dia, para o período entre as 10 horas e as 15 horas.

Estas duas paralisações deverão provocar vários constrangimentos no serviço de bagagens do aeroportos de Lisboa e dos restantes aeroportos nacionais geridos pela ANA, controlada pelo grupo francês Vinci.

O SITAVA agendou também para esta próxima quarta-feira uma concentração de trabalhadores destas duas empresas, nas chegadas do aeroporto da Portela, assim como uma marcha entre esse terminal e o terminal 2 (voos domésticos) do aeroporto de Lisboa. 

No passado dia 30 de Março, os representantes do SITAVA tiveram uma reunião com a Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social para alertar os deputados para as eventuais consequências do processo de despedimento colectivo decidido pela Portway.

O SITAVA reclama irregularidades no processo e pede a intervenção, não só da Assembleia da República e do Governo, mas também da ANAC, entidade reguladora do setor da aviação em Portugal, e da ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho.

fonte/foto/JN.pt

VINTAGE POSTERS





EMBRAER PREVÊ MERCADO DE 240 JATOS PARA ÁFRICA ATÉ 2034


A Embraer já está de olho no mercado africano de aviões com capacidade entre 70 e 130 lugares. A Embraer já está de olho no mercado africano de aviões com capacidade entre 70 e 130 lugares.

Marcos Eduardo Carvalho
São José dos Campos

A Embraer, de São José dos Campos, tem projeção otimista para o mercado de aviação na África. Segundo a empresa, nos próximos 18 anos 240 jatos no segmento de 70 a 130 assentos deverão ser entregues no continente.
A perspectiva de mercado da fabricante joseense foi divulgada ontem, durante o Marrakech Air Show, uma feira de aviação realizada no Marrocos. Segundo a Embraer, a frota de jatos com essa capacidade em serviço na África crescerá das atuais 120 unidades para 260 até 2034.
Crescimento.  Ainda de acordo com a Embraer, ela detém mais de 40% de participação de mercado no segmento de jatos até 130 assentos. São cerca de 40 E-Jets em operação em seis países na re gião.
Simon Newitt, vice-presidente da América Latina, África e Portugal da Embraer Aviação Comercial, faz uma análise otimista para o mercado aeronáutico no continente nos próximos anos.
"Os africanos se voltam progressivamente para o transporte aéreo. Assim como na Ásia, a expansão econômica, a crescente classe média urbana, a contínua liberalização do mercado e a integração regional serão os principais fatores a impulsionar a procura por transporte aéreo", afirmou, por meio da assessoria de imprensa da companhia.
"Com aeronaves de tamanho correto, como a família de E-Jets, as empresas africanas seriam capazes de oferecer uma melhor combinação de capacidade e frequência nos mercados principais, bem como nos mercados de baixa e média densidade", completou.
A Embraer também ressalta que, atualmente, 83% dos voos dentro do continente africanos decolam com menos de 120 passageiros, gerando uma baixa rentabilidade em vários casos para as companhias aéreas locais.
Assim, os jatos com capacidade de 70 a 130 passageiros se encaixariam melhor na demanda aérea na África.
Milésimo. No último dia 19 de abril, a Embraer atingiu a marca histórica do milésimo jato executivo entregue. O avião, um Legacy 500, foi adquirido pela empresa Flexjet, com base em Cleveland, nos Estados Unidos.
A conquista ocorre pouco depois de a Embraer ter celebrado 10 anos de atuação no mercado de aviação executiva, com aeronaves entregues para mais de 60 países em todo o mundo.

fonte/foto/OVale