terça-feira, 28 de junho de 2016

ATENTADO NO AEROPORTO DE ISTAMBUL FAZ PELO MENOS DEZ MORTOS

Dois atacantes abriram fogo com metralhadoras antes de accionarem engenhos explosivos num dos aeroportos mais movimentados do mundo. Dezenas de pessoas foram transportados para os hospitais com ferimentos [em actualização].
Dois atacantes abriram fogo com metralhadoras antes de acionarem engenhos explosivos num dos aeroportos mais movimentados do mundo. Dezenas de pessoas foram transportados para os hospitais com ferimentos.

Pelo menos dez pessoas morreram e cerca de 20 ficaram feridas num atentado terrorista contra o aeroporto internacional de Istambul, na Turquia. 

O número de vítimas mortais foi confirmado pelo ministro da Justiça, Bekir Bozdag. Outras fontes dão contam de pelo menos 40 feridos. 

De acordo com as primeiras informações avançadas por testemunhas e por uma fonte oficial, dois terroristas suicidas fizeram-se explodir no aeroporto Ataturk, um dos mais movimentados da Europa e do mundo. 

O duplo atentado terrorista terá acontecido na zona das partidas e junto a uma das entradas. Os dois atacantes ainda abriram fogo com metralhadoras antes de acionarem os engenhos explosivos. 

fonte/Sapo

CONTROLADORES DE VOO PORTUGUESES ANUNCIAM 5 DIAS DE GREVE

Seis sindicatos representativos dos trabalhadores da NAV Portugal vão fazer uma greve de duas horas, durante cinco dias, o primeiro já na próxima quinta-feira, para alertar para a situação de abandono em que vive a empresa.

"Os trabalhadores da NAV Portugal veem-se forçados a recorrer ao derradeiro instrumento constitucional para chamar a atenção do País para os impactos decorrentes da situação que se vive na empresa e do abandono a que tem sido votada", lê-se no comunicado enviado esta terça-feira pela plataforma sindical, que integra seis sindicatos representativos dos trabalhadores. 

Os pré-avisos de greve abrangem períodos diários de duas horas na quinta-feira, dia 30 de Junho (das 14h00 às 16h00) e nos dias 8, 15, 22 e 29 de Julho (das 8h00 às 10h00). 

A NAV é a empresa responsável pelos serviços de tráfego aéreo português, o que significa que controla os voos com partida e chegada aos aeroportos nacionais, mas também o sobrevoo do espaço aéreo português (ligações internacionais através do espaço aéreo português). 

Segundo o comunicado, "há vários meses que os sindicatos representativos dos trabalhadores da NAV Portugal vêm alertando o Governo, através do Ministério do Planeamento e Infraestruturas, para os graves problemas que afetam a empresa e os seus trabalhadores". 

"Os alertas têm sido reiterados em relação às implicações negativas de não haver um Conselho de Administração devidamente capacitado para a normal gestão da empresa e para o bloqueio na implementação do quadro orçamental previsto no Plano Nacional de Desempenho, já devidamente validado pela Comissão Europeia", explicam. 

Os sindicatos referem "os progressos ocorridos" com a designação do tenente-coronel Albano Coutinho para presidir a partir de 1 de Julho, em regime de substituição, ao Conselho de Administração da NAV Portugal. 

No entanto, realçam que "esta nomeação única não altera em nada a atual situação de incapacidade de gestão da Empresa, exigindo-se a nomeação imediata da totalidade dos três membros do Conselho de Administração". 

"É imperioso que sejam tomadas as decisões estratégicas que se impõem numa organização como a NAV Portugal, sob pena de ficar em causa, de forma grave, a operacionalidade da empresa que é responsável pela segurança de mais de 100 milhões de passageiros que anualmente utilizam o espaço aéreo nacional", 

advertem em comunicado conjunto o Sindicato dos Técnicos de Informação e Comunicações Aeronáuticas, o Sindicato dos Controladores de Tráfego Aéreo, o Sindicato dos Técnicos de Segurança Aérea, Sindicato dos Técnicos de Navegação Aérea, Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos, Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil. 

fonte/Sapo

FÁBRICA DE AVIÕES NA PARAÍBA SERÁ INAUGURADA NESTA QUINTA-FEIRA





Campina Grande vai receber, na quinta-feira (30), a inauguração da primeira fábrica de aviões instalada na Paraíba. A fábrica pertence à empresa Stratus Indústria Aeronáutica, que vai produzir aeronaves de pequeno porte, de 2 e 4 lugares, para atender ao mercado brasileiro. 

A inauguração da fábrica vai ser as 9h30, no hangar da empresa, que fica no distrito de São José da Mata.

Os trabalhadores da fábrica vão ser capacitados com o apoio do Centro de Tecnologia Aeronáutica do Senai da Paraíba (CTA), que também vai auxiliar no desenvolvimento de novos itens e componentes para a produção de novas aeronaves.

“Já temos a sinalização de empresas de manutenção de aeronaves querendo se instalar em Campina Grande, de manutenção de helicópteros também, então esse é um processo que vai culminar com a construção de um parque aeronáutico aqui na cidade.”, disse Juan Pinheiro, diretor da Stratus.

O primeiro modelo de aeronave que vai ser produzido em Campina Grande é o Volato 400, que, segundo a empresa, é capaz de atingir grandes distâncias com rapidez e segurança.

fonte/foto/CorreioDoPovo/Notimp/Divulgação

AIRBUS DA AZORES AIRLINES SOFRE INCIDENTE EM LISBOA

SATA A320_CSTKK AeroLIS 27jun2016 870pax

Um princípio de incêndio num trem de aterragem de um avião Airbus A320 da companhia aérea portuguesa Azores Airlines ( SATA Internacional) obrigou na manhã desta segunda-feira, dia 27 de junho, à evacuação dos passageiros e tripulantes da aeronave, no momento em que tinha acabado de estacionar no Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa, no final do voo S4220 proveniente do Aeroporto Internacional João Paulo II, na cidade de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, na Região Autónoma dos Açores.

Segundo um porta-voz da companhia aérea o foco de incêndio foi prontamente atacado pelos bombeiros do aeroporto da capital portuguesa e os passageiros, que, por medida de precaução, saíram pelas mangas de emergência da parte de trás do avião, não sofreram quaisquer ferimentos.
“Depois da aeronave estacionada, e quando os passageiros desembarcavam pela porta da frente, foi detetado um pequeno incêndio no hidráulico do trem [de aterragem]”, explicou António Portugal, porta-voz do Grupo SATA, em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, acrescentando que o fogo foi “prontamente apagado pelos bombeiros”.

Antônio Portugal confirmou que, “por razões de segurança”, foram acionadas as mangas nas portas traseiras do avião, que transportou 165 passageiros dos Açores, tendo chegado à capital portuguesa às 11h45.

O avião envolvido no incidente é o A320 matrícula CS-TKK, batizado com o nome ‘Corvo’. O aparelho foi entregue aos cuidados dos técnicos de manutenção da companhia, que inspecionaram o trem avariado e determinaram a extensão dos eventuais estragos.

O avião deveria ter saído de Lisboa, ainda na manhã desta segunda-feira para a ilha Terceira (Aeroporto das Lajes) fazendo o voo S4135, com partida prevista para as 12h40. Contudo, dado o problema técnico este voo foi atrasado, tendo sido feito pelo A320 CS-TKQ que saiu de Lisboa ao fim da tarde com cerca de sete horas de atraso. O tráfego está normalizado, não obstante o imprevisto incidente.

António Portugal referiu à Lusa que a “explicação [para a situação] só será dada tecnicamente depois de analisadas as causas”.

fonte/foto/NewsAvia

HOMEM TENTOU BOTAR FOGO EM AVIÃO DA AIR FRANCE

 
Freetown, 28 jun (Lusa) – Um homem tentou pegar fogo a um avião da Air France no maior aeroporto da Serra Leoa, depois de ter entrado no avião sem passaporte ou cartão de embarque, disse hoje um tribunal. 

Os funcionários do aeroporto garantiram que a segurança ia ser reforçada depois de Ibrahim Kanu ter tentado embarcar no voo com gasolina, fósforos e um isqueiro, no dia 24 de junho, no Aeroporto Internacional de Lungi, perto da capital Freetown.


A acusação dizia que Kanu tentou entrar na área restrita reservada aos funcionários e apanhou um bus de ligação ao avião, que se acredita ter sido um Airbus A330-200 com Paris como destino.
A empresa britânica Westminster Group é a responsável pela segurança no aeroporto mas ainda não comentou o caso publicamente.

fonte/EPA

segunda-feira, 27 de junho de 2016

LOCALIZADO HELICÓPTERO BELL 407 PR-CBB DESAPARECIDO - SÓCIO DO DEPUTADO FEDERAL CELSO RUSSOMANNO ESTAVA A BORDO


Os bombeiros localizaram na manhã desta segunda-feira (26) os destroços do helicóptero que caiu próximo a Jundiaí, no interior de São Paulo. Não há sobreviventes, segundo a Força Aérea Brasileira.

A aeronave estava desaparecida desde domingo (25) e foi localizada por volta das 8h desta segunda. Cinco pessoas estavam no helicóptero e iam para Americana, no interior do estado, para jogar tênis.

"Em função das condições de visibilidade e das características geográficas da região, foi deslocado um helicóptero Águia da Polícia Militar de São Paulo para o local, que confirmou que se tratava dos destroços da aeronave desaparecida e que, lamentavelmente, não há sobreviventes", diz nota da FAB.

Uma equipe do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV) foi deslocada para o local da ocorrência para iniciar as investigações sobre o acidente.

A aeronave perdeu contato na região de Cajamar, próximo ao pedágio da Rodovia dos Bandeirantes, no sentido interior.

fonte/foto/RedeTV/CorpoDeBombeiros

 
Um helicóptero desapareceu após decolar do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na manhã deste domingo (26), com direção à Americana, também em SP. Estavam na aeronave seis pessoas, e uma delas era o empresário Geraldo Vágner Lanzoti, sócio do deputado federal Celso Russomanno.
 
De acordo com o R7, a aeronave era um modelo Bell 407. Os outros passageiros identificados são Osmar Marchini, Vágner Lanzoti e Francisco Rebolo. O nome da piloto é Josilde. A identidade do quinto passageiro não foi informada.

O sumiço do helicóptero foi relatado à Aeronáutica, em Curitiba, pelo esposo da piloto. A Força Aérea Brasileira vai iniciar as buscas nesta segunda-feira (27).

No Facebook, Celso Russomanno se manifestou e pediu ajuda. Veja o relato do deputado a seguir:

“URGENTE, POR FAVOR COMPARTILHEM!
Amigos de Caieiras e Região. Hoje às 8h07 da manhã, o helicóptero em que meus amigos estavam desapareceu e até o momento não tivemos nenhuma notícia, estava próximo ao pedágio da Bandeirantes, nesta região de Caieiras. Se vocês ouviram algum barulho, viram algum sinal de fumaça, ou movimento diferente na região, por favor entrem em contato com as autoridades e me avisem o quanto antes. Peço que compartilhem com todos que puderem. As famílias estão desesperadas. Seguem as fotos e nomes da piloto e passageiros. Helicóptero Bell 407, matrícula PR CBB. Piloto Josilde, Vagner Oliveira, Vagner Lanzoti, Oscar Marchini e Francisco Rebolo”, escreveu.
Fonte: Notícias Ao Minuto

Um helicóptero BELL 407, prefixo PR-CBB, está desaparecido em São Paulo desde a manhã deste domingo (2). Equipes do Corpo de Bombeiros, do grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Força Aérea Brasileira (FAB) fazem buscas pela aeronave.

Em nota, a FAB informou que o helicóptero desaparecido é uma aeronave modelo Bell 407 e que decolou de São Paulo às 7h56 com destino a Americana (SP).

Uma aeronave da FAB, modelo SC-105, deve reforçar as buscas na madrugada desta segunda-feira (27). Segundo os bombeiros, a ação está concentrada nas proximidades do quilômetro 30 da Rodovia dos Bandeirantes.

A FAB não informou a quantidade de tripulação e de possíveis passageiros da aeronave desaparecida.

fonte/G1

  Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PRCBB
Proprietário:
SAFRA LEASING S.A ARRENDAMENTO MERCANTIL
CPF/CGC:

Operador:
ALE COSTA NEGOCIOS E PARTICIPACOES LTDA
CPF/CGC:

Fabricante:
BELL HELICOPTER
Modelo:
407
Número de Série:
53926
Tipo ICAO :
B407
Tipo de Habilitação para Pilotos:
HMNT
Classe da Aeronave:
HELICOPTERO 1 MOTOR TURBOEIXO
Peso Máximo de Decolagem:
2268 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
006


Categoria de Registro:
PRIVADA SERVICO AEREO PRIVADOS
Número dos Certificados (CM - CA):
18758
Situação no RAB:
ARRENDAMENTO MERCANTIL
Data da Compra/Transferência:



Data de Validade do CA:
18/03/22
Data de Validade da IAM:
180317
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 27/06/2016 07:38:46

MONOMOTOR DESLIZA NO AEROPORTO DE LONDRINA



Acidente aconteceu na noite de domingo, no aeroporto de Londrina  (Foto: Divulgação / Portal Londrina ) 
Acidente aconteceu na noite de domingo, no aeroporto de Londrina (Foto: Divulgação / Portal Londrina )

Um avião de pequeno porte deslizou na pista de pousos e decolagens do aeroporto de Londrina, no norte do Paraná, e só conseguiu parar no gramado, perto de um muro. O acidente aconteceu por volta das 18h de domingo (26) e ninguém ficou ferido. As operações no terminal foram interrompidas por alguns minutos para a retirada do avião, que precisou ser guinchado.

O monomotor é de fabricação nacional e pertence ao aeroclube da cidade. Ele é usado para o treinamento de pilotos. Até as 6h44, o aeroclube não tinha se manifestado sobre o ocorrido.

fonte/foto/G1

Dados da aeronave via RAB

MATRÍCULA: PTNZD

 
 
Proprietário:
AEROCLUBE DE LONDRINA
CPF/CGC:

Operador:
AEROCLUBE DE LONDRINA
CPF/CGC:

 
Fabricante:
NEIVA
Modelo:
EMB-712
Número de Série:
712061
Tipo ICAO :
P28A
Tipo de Habilitação para Pilotos:
MNTE
Classe da Aeronave:
POUSO CONVECIONAL 1 MOTOR CONVENCIONAL
Peso Máximo de Decolagem:
1157 - Kg
Número Máximo de Passageiros:
003


Categoria de Registro:
PRIVADA INSTRUCAO
Número dos Certificados (CM - CA):
10414
Situação no RAB:

Data da Compra/Transferência:
150313


Data de Validade do CA:
11/04/22
Data de Validade da IAM:
110417
Situação de Aeronavegabilidade:
Normal
Motivo(s):

Consulta realizada em: 27/06/2016 07:54:21