quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MONOMOTOR CAI EM MANAUS

Manaus - Um avião de pequeno porte, modelo Embraer 720, da empresa Tio Táxi Aéreo, caiu, por volta de 8h, em uma área verde do Bairro da União, zona centro-sul de Manaus. Ao todo, cinco pessoas morreram e um homem foi encaminhado para o Hospital 28 de Agosto, mas ainda não foi identificado.
Conforme a assessoria do hospital, o paciente deu entrada em estado gravíssimo, com queimaduras por todo corpo. Ele está neste momento no centro cirúrgico.
Segundo o tenente João Filho, do Corpo de Bombeiros, estavam no avião João Frederico, Jefferson Juarez, Henrique Tiez Neto, Ruan Lemos, Ana Alice Lemos, de 4 anos; e o comandante João Jerônimo. A aeronave saiu do aeroclube às 7h45 com destino a Novo Aripuanã.
O ajudante de pedreiro Geilson de Sousa, 39, foi a primeira pessoa a chegar ao local do acidente. Ele conta que a tragédia seria maior se o piloto não tivesse desviado o avião para a mata. “Depois da explosão, eu corri para ver se tinha alguém vivo e consegui salvar o homem que foi para o 28 de Agosto. Tentei salvar a criança, mas o fogo tomou conta”, disse.  
O setor de sobreaviso do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Seripa VII) informou que uma equipe da instituição já foi para o local do acidente. O Seripa VII informou ainda que o órgão não tem prazo para finalizar investigações de acidentes.
fonte/D24am.com

ACIDENTE COM ATR-42 DA PAKISTAN INTERNACIONAL AIRLINES


Um ATR42-500 da PIA, matrícula AP-BHO, realizando o voo PK-661, de Chitral para Islamabad (Paquistão) com 42 passageiros e 5 tripulantes, declarou emergência em razão de problemas o motor esquerdo. Logo após perdeu o contacto de radar, as de 16: 30L (11: 30Z). 
Moradores em Havelian perto de Abbottabad (Paquistão) ouviram sons consistentes com um impacto. O local do acidente foi localizado naquela posição cerca de 25nm ao norte de Islamabad.
Serviços de emergência estão a caminho do local do acidente.
Segundo as fontes do governo local, sete corpos foram recuperados, as chances de encontrar sobreviventes são "sombrias".
fonte/AvHerald

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

AVIÃO DE XUXA É ATINGIDO POR RAIO E FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM BRASÍLIA


A apresentadora voava para Teresina, capital do Piauí, quando a aeronave em que estava foi atingida por um raio.

O piloto rapidamente tomou providências e precisou fazer um pouso de emergência em Brasília.
Xuxa publicou um vídeo no YouTube falando sobre o caso. "Foram alguns minutos que a gente passou o maior sufoco. Consegui gravar algumas coisas ali. Eu estava gravando um arco íris lindo para mandar para minha filha. Comecei a ficar nervosa. Está tudo certo. Eu estava indo para o Piauí para a inauguração da Casa X".

E continuou: "Foi bem difícil tudo. Eu, enfim, sai agora para falar com vocês. Devo umas explicações para as pessoas que estão me esperando no Piauí. Sem condições de ir. Me desculpem. Graças a Deus está tudo bem. Pensei muito só na minha filha e na minha mãe. A gente não pode deixar as coisas para amanhã, temos que fazer hoje. Não da para deixar para amanhã não ta?".
Assista:

Antes, em seu Facebook, a apresentadora aparece usando máscara de oxigênio.



Sem falar nada, ela escreveu na legenda: "Gente... perdão, não poderei chegar no Piauí... nosso avião foi atingido por um raio e fizemos um pouso de emergência em Brasília".

E tranquilizou os fãs: "Graças a Deus tudo bem com a gente".

fonte/foto/UOL

sábado, 3 de dezembro de 2016

EMBRAER 190 VAI SER TESTADO NA ILHA DE SANTA HELENA

Um avião Embraer 190 vai pousar no novo aeroporto da ilha de Santa Helena, uma possessão britânica no Atlântico Sul, nesta terça-feira, dia 29 de novembro, confirmaram fontes governamentais regionais.
A aeronave procede do Aeroporto Internacional do Recife, no Estado de Pernambuco, Brasil, e transporta a bordo apenas três tripulantes. O Embraer 190 ficará na ilha até à quinta-feira, dia 1 de dezembro.
Há poucos dados acerca desta visita, mas uma nota do Governo de Santa Helena, distribuída na semana passada, convidou a população a observar a evolução da aeronave, que durante dois dias estará na ilha para fazer diversos voos de testes, o que, naturalmente, será um acontecimento na pacata ilha que tem cerca de cinco mil habitantes.
As obras do aeroporto de Santa Helena terminaram no início do ano e custaram mais de 250 milhões de libras esterlinas (cerca de 360 milhões de dólares) à Coroa Britânica. Foi feito um voo inaugural com um Boeing 737-800 da companhia sul-africana Comair, ao serviço da British Airways, mas os resultados não foram os melhores, já que o aeroporto, construído no alto de um rochedo, é afetado por frequentes ventos cruzados que dificultam a operação e colocam algumas dificuldades à operação.
O fenómeno começou a ser estudado com maior profundidade. Da parte de alguns responsáveis técnicos e pilotos, o B737-800 não será o melhor avião para ser utilizado nas próximas carreiras regulares para a ilha, e as companhias interessadas em escalar a ilha – a British Airways e a recém constituída companhia regional Atlantic Star Airlines – deverão optar por aeronaves de menor lotação que serão tripuladas por pilotos que serão submetidos a treino específico para poderem contornar as situações que, eventualmente, encontrarão sobre a pista de Santa Helena.
No passado dia 21 de outubro a Atlantic Star Airlines, em cooperação com uma empresa de leasing de aviões promoveu o pouso na ilha de um avião Avro RJ100, um jato regional de quatro motores a jato. O avião ia da Europa para o Chile e fez uma escala da ilha, levando a bordo 13 pessoas. Era pilotado pelo comandante Hjalgrim Magnussen e pelo piloto Christian Petersen, ambos da Ilhas Faroé, na Dinamarca, com grande experiência em aeroportos de ilhas e com iguais problemas de vento, tal como os que se registam em Santa Helena. Os testes foram animadores e deram alguma razão a quem defende um tipo de avião mais pequeno e com boa força de motores.
O Governo de Santa Helena no comunicado distribuído na semana passada adianta que os jatos regionais Embraer 190 são apontados como uma das possíveis soluções para o tráfego regular de passageiros no aeroporto da ilha.
fonte/NewsAvia

VOO DA AZUL FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM FORTALEZA

Um Embraer E195 (matrícula PR-AUN) da Azul Linhas Aéreas Brasileiras realizou um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Pinto Martins, na cidade de Fortaleza, no Estado do Ceará, Nordeste do Brasil, na tarde desta sexta-feira, dia 2 de dezembro. De acordo com a empresa, o voo AD2446 saiu do Aeroporto Internacional de São Luís, no Estado do Maranhão, e seguia com destino a Recife, no Estado de Pernambuco, quando a tripulação foi surpreendida por uma avaria técnica.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, confirmou que a aeronave apresentou um cheiro de queimado. Assim que surgiu a avaria, o piloto declarou emergência e pediu prioridade para pousar no aeroporto da capital cearense. O Cenipa ainda contou que a aeronave pousou sem problemas, inclusive sem o cheiro a fumo.
Entretanto a Azul Linhas Aéreas Brasileiras distribuiu um comunicado à imprensa no qual informa que a aeronave que fazia voo 2446, que partiu de São Luís com destino ao Recife na tarde desta sexta-feira, teve o seu pouso alternado para o aeroporto de Fortaleza devido a um problema de origem técnica. O pouso ocorreu normalmente.
A companhia esclareceu que os passageiros estão a ser assistidos pela companhia aérea, até à hora dos seus embarque e retoma da viagem para Recife. O avião está entregue aos serviços de Manutenção e Engenharia da companhia.
fonte/NewsAvia

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

CONTROLADORA DE VOO COLOMBIANA DIVULGA CARTA

A controladora de voo Yaneth Molina, divulgou uma carta para sua classe profissional, dizendo que fez todo o possível para tentar evitar o acidente com o voo da Chapecoense. No relato, a funcionária do aeroporto Olaya Herrera, em Medellín, agradece ao apoio que recebeu dos companheiros. 

Yaneth ainda lamenta que tenha recebido ameaças nos últimos dias. Segundo a controladora, a imprensa têm contribuído para desinformar a respeito dos procedimentos adotados nos momentos que antecederam a tentativa de aterrissagem.
– Fiz o humanamente possível e o tecnicamente obrigatório para preservar as vidas – reforçou Molina, que assinou a carta como Yanki Mike, o seu codinome na aviação.
Confira a íntegra da nota abaixo.
"Queridos companheiros:
É reconfortante para mim saber que neste momento tão difícil ainda conto com o apoio de vocês. De todos os rincões do país me enviaram mensagens de força e acompanhamento neste momento difícil da minha vida profissional. Não posso, senão, agradecê-los de antemão e com o coração por todo o seu apoio.
Nosso trabalho é tão especial que hoje me ponho nestas circunstâncias de modo, tempo e lugar para enfrentar a crueza da realidade que resultou deste impasse.
Companheiros, por minha família e por esse trabalho que valorizo e respeito posso afirmar com absoluta certeza que, de minha parte, fiz o humanamente possível e o tecnicamente obrigatório para preservar a vida desses usuários do transporte aéreo, lamentavelmente meus esforços foram infrutíferos, pelas razões que todos vocês já conhecem.
A vida me pôs nesta pouco agradável posição de ter que enfrentar uma situação como a do dia 28, situação a qual, por nosso trabalho, nos vemos expostos todos os dias, todos os turnos, esta vez foi comigo e reitero ante a vocês que me manifestaram apoio, que tudo o que fiz na transmissão foi para preservar a integridade dos ocupantes principalmente dessas duas aeronaves e consequentemente dos ocupantes das outras aeronaves que estavam sob minha responsabilidade.
Lamentavelmente, por causa dos meus colegas jornalistas, pessoas ignorantes e alheias a este trabalho e que sobretudo ignoram os procedimentos, têm ameaçado minha integridade física e minha tranquilidade pessoal, pelo que estou analisando soluções às quais espero discutir com as diretrizes da entidade.
"Um amigo é alguém que nos conhece, mas nos ama de todas as formas." - Fr. Jerome Cummings
Com todo o meu respeito e coleguismo, de todo o coração
Yaneth Molina
Yanky Mike
fonte/ZeroHora

terça-feira, 29 de novembro de 2016

ACIDENTE COM TIME DA CHAPECOENSE NA COLÔMBIA

Uma aeronave Avro RJ-85, da empresa LAMIA, registro CP-2933 realizando o voo LMI-2933, de Santa Cruz (Bolívia) a Medellín (Colômbia) com 72 passageiros e 9 tripulantes,  caiu a cerca de 15nm a sudeste de Medellín, na área de La Ceja (Colômbia), às 21: 56L (02: 56Z de 29 de novembro) durante aproximação para pouso.

Autoridades do Aeroporto de Medellín informaram que uma busca foi iniciada no local do acidente no município de La Ceja nas encostas do Cerro Gordo (coordenadas aproximadas N5.9805 W75.4183).

Foram confirmados 6 sobreviventes (3 jogadores, uma comissária de bordo, um mecânico e um jornalista) e 76 mortes declarando que um dos 6 sobreviventes inicialmente morreu no hospital.

fonte/AvHerald

Associação Chapecoense de Futebol é um clube de futebol brasileiro, sediado na cidade de Chapecó, Santa Catarina. Foi fundado em 10 de maio de 1973, com o objetivo de restaurar o futebol na cidade de Chapecó