Pular para o conteúdo principal

TROMBA ÁGUA ALAGA HANGARES E AFETA TRÁFEGO DO AEROPORTO BARAJAS EM MADRI

A zona onde está implantado o Aeroporto Internacional Adolfo Suarez/Madrid Barajas foi das uma das mais afetadas pela violenta tromba de água e contínuas chuvas torrenciais que começaram a cair na capital espanhola depois das 15h00 (mesma hora UTC) desta sexta-feira, dia 7 de julho.

A AENA, empresa responsável pela gestão dos aeroportos está a recomendar na sua conta de Twitter que os passageiros com voos para a tarde e noite desta sexta-feira devem contatar as suas companhias antes de seguirem para o aeroporto.
Mais de uma dezena de aviões já foram desviados para outros aeroportos espanhóis e o tráfego continua muito condicionado em Madrid, não só por conta das condições operacionais no aeroporto, mas também devido a constrangimentos nos acessos à zona, onde se registaram diversos alagamentos e desmoronamentos. As linhas ferroviárias também foram afetadas.
As situações mais graves em edifícios foi num dos hangares dos serviços de Manutenção e Engenharia da Iberia, na Zona Industrial de Barajas onde a chuva rebentou as coberturas e alagou a área de trabalho, e no Terminal 4, onde a água entrou sem dó nem piedade, obrigando à sua evacuação, nomeadamente na zona da sala VIP e de trânsito de passageiros de classes superiores e com cartões de acesso dos programas de milhas das companhias aéreas.
Um porta-voz da AENA disse que ainda é cedo para ter um balanço dos prejuízos, até porque a chuva continua e as perspectivas de melhoria não são muito otimistas.
NewsAvia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AVIÃO COM O SENADOR AÉCIO NEVES FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA NO AEROPORTO DE GUARULHOS

Imagem com a aeronave em que estaria Aécio, fora da pista, e que circula na internet
O avião em que estava o senador Aécio Neves (PSDB) precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira (9), informou sua assessoria de imprensa.
Já era noite quando a aeronave, um táxi aéreo fretado pelo PSDB, saiu de Brasília com destino a São Paulo. Os pilotos, percebendo que um pedaço do pneu havia ficado na pista, teriam solicitado autorização para pousar em Cumbica, ao invés de Congonhas, por ter uma pista maior. Ao aterrissar, no entanto, o trem de pouso teria se quebrado, vindo o avião a sair da pista.
Apenas Aécio e a tripulação estavam a bordo. Segundo a assessoria, nem ele nem os pilotos se feriram.
O senador veio para São Paulo porque tem reunião agendada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na manhã desta sexta (10). Apesar do incidente, o encontro foi mantido.
Fernanda Carvalho/O Tempo/Estadão Conteúdo
fonte/foto/UOL

Da…

VÍDEOS DO ACIDENTE COM BOEING 737 DA PERUVIAN AIRLINES EM JAUJA