TROMBA ÁGUA ALAGA HANGARES E AFETA TRÁFEGO DO AEROPORTO BARAJAS EM MADRI

A zona onde está implantado o Aeroporto Internacional Adolfo Suarez/Madrid Barajas foi das uma das mais afetadas pela violenta tromba de água e contínuas chuvas torrenciais que começaram a cair na capital espanhola depois das 15h00 (mesma hora UTC) desta sexta-feira, dia 7 de julho.

A AENA, empresa responsável pela gestão dos aeroportos está a recomendar na sua conta de Twitter que os passageiros com voos para a tarde e noite desta sexta-feira devem contatar as suas companhias antes de seguirem para o aeroporto.
Mais de uma dezena de aviões já foram desviados para outros aeroportos espanhóis e o tráfego continua muito condicionado em Madrid, não só por conta das condições operacionais no aeroporto, mas também devido a constrangimentos nos acessos à zona, onde se registaram diversos alagamentos e desmoronamentos. As linhas ferroviárias também foram afetadas.
As situações mais graves em edifícios foi num dos hangares dos serviços de Manutenção e Engenharia da Iberia, na Zona Industrial de Barajas onde a chuva rebentou as coberturas e alagou a área de trabalho, e no Terminal 4, onde a água entrou sem dó nem piedade, obrigando à sua evacuação, nomeadamente na zona da sala VIP e de trânsito de passageiros de classes superiores e com cartões de acesso dos programas de milhas das companhias aéreas.
Um porta-voz da AENA disse que ainda é cedo para ter um balanço dos prejuízos, até porque a chuva continua e as perspectivas de melhoria não são muito otimistas.
NewsAvia

Comentários

Total de visualizações de página

Postagens mais visitadas